O segue firme como principal candidato ao Scudetto nesta temporada e acertou um reforço para o restante da Serie A. Nesta sexta-feira, os rossoneri anunciaram a contratação de . O meio-campista de 26 anos vinha sendo um jogador importante para o nos últimos anos e chega por empréstimo até junho. Deverá dar um pouco mais de profundidade ao elenco e opções a Stefano Pioli para que os milanistas se mantenham competitivos no restante da campanha. O negócio custa apenas €500 mil ao clube, com opção de compra por €8,5 milhões e possibilidade de mais €1,5 milhão em bônus.

Meïté possui uma carreira bastante rodada para a idade. O francês começou no Auxerre, mas também defendeu em seu país o Lille, o Bordeaux e o Monaco. Além disso, passou pelo Zulte Waregem na Bélgica. O meio-campista está no Torino há duas temporadas e meia. Foi titular dos grenás nas duas edições anteriores da Serie A e mantinha a posição no Toro durante a atual campanha, em que o clube é ameaçado pelo rebaixamento. Porém, o volante perdeu espaço nas últimas rodadas e deixou de figurar entre os titulares.

Meïté é um jogador de grande presença física, com ótima estatura e capacidade no jogo aéreo. O meio-campista também possui como uma de suas principais características o drible, limpando a marcação. Garante uma nova alternativa a um dos setores mais bem servidos dos rossoneri. É um jogador mais físico, que talvez vire o reserva imediato de Franck Kessié. Além disso, também traz mais garantias diante das lesões e dos casos de coronavírus que os milanistas encaram neste momento, com as ausências de Ismaël Bennacer e Rade Krunic. O Toro estaria interessado em Krunic e solicitava uma troca por Meïté, mas o bósnio deve seguir em Milão.

O Milan ainda estuda outras transferências nesta janela de inverno. A zaga pode ganhar novas opções, diante das conversas com Mohamed Simakan, zagueiro de 20 anos que se destaca pelo Strasbourg e chama atenção de diversos clubes europeus. Entretanto, a lesão recente do beque deve esfriar a contratação. Fikayo Tomori, pouco utilizado pelo Chelsea, é outro que tem seu nome especulado ao setor. Já para o ataque, a grande novidade pode ser Mario Mandzukic, que está disposto a deixar o Oriente Médio e conversa com o diretor Paolo Maldini, conforme o Corriere dello Sport. O Milan volta a campo na segunda-feira, quando defende a liderança diante do Cagliari.