Serie A

Milan comemora: Inter joga fora jogo a menos e perde de virada do Bologna em falha terrível do goleiro reserva Radu

Inter tinha um jogo a menos para fazer, mas jogou fora a chance e foi derrotada pelo Bologna em uma falha do seu goleiro reserva, que estreava na Serie A na temporada

A Internazionale tinha um jogo a menos para disputar em relação ao rival Milan e tinha a chance de saltar para a liderança da Serie A, mas desperdiçou a oportunidade. Fora de casa, os nerazzurri perderam de virada do Bologna por 2 a 1 e, assim, continuam dois pontos atrás do Milan na Serie A. O Milan certamente comemorou o resultado, porque agora significa que é o líder efetivamente, com os dois clubes com o mesmo número de jogos.

O goleiro titular da Inter, Samir Handanovic, sentiu uma lesão e o técnico Simone Inzaghi colocou em campo o goleiro reserva, Ionut Radu, que só tinha jogado uma partida, pela Copa da Itália, no dia 19 de janeiro. Foi a primeira partida do romeno na Serie A, mas será um jogo que ele certamente não lembrará com carinho.

Logo a três minutos de jogo, a Inter abriu o placar. Ivan Perisic se movimentou bem para receber a bola em cobrança de lateral, aproveitando que não há impedimento, tabelou com Lautaro Martínez, recebeu de volta e colocou a bola entre as pernas de Musa Barrow antes de finalizar forte de pé esquerdo: golaço e 1 a 0 no placar.

Com a vantagem no placar tão cedo, a Inter dominava o jogo em posse de bola e chegadas ao ataque. O time até reduziu levemente o ritmo e não pressionava muito o Bologna. Criava algumas oportunidades, embora nenhuma chance clara.

Só que o Bologna arrancou o empate aos 28 minutos. Cruzamento do lado esquerdo para Marko Arnautovic, de cabeça, desviar para colocar no fundo da rede: 1 a 1. Foi o 13º gol do atacante na Serie A nesta temporada, artilheiro da equipe.

O empate deu outro tom ao jogo. Ainda que o Bologna continuasse atacando pouco, a Inter perdeu força nos seus ataques e não criou grandes problemas ao time da casa até o intervalo. Para o Bologna, não estava ruim: o time sabia que poderia manter o jogo assim até encontrar algum espaço para tentar o seu segundo gol.

No segundo tempo, a Inter continuava mais com a bola, mas seguia com dificuldades de criar chances claras. Até por isso, o treinador Simone Inzaghi promoveu mudanças aos 18 minutos. Saíram Joaquin Correa e Nicolò Barella e entraram Edin Dzeko e Alexis Sánchez. Os nerazzurri seguiam no ataque, mas sem conseguir levar perigo ao gol adversário.

O que era ruim para a Inter com o empate ficou ainda pior aos 36 minutos. A bola foi recuada para Stefan Radu, que furou a bola e Nicola Sansone aproveitou a bola em cima da linha para só empurrar para o fundo da rede: 2 a 1 para o Bologna. Um gol que certamente foi muito comemorado pelo Milan.

O Nervosismo, que já aparecia nos minutos anteriores, agora era latente na Inter. O time tentava como podia, aumentando a quantidade de cruzamentos para dentro da área, mas sem levar perigo. O time continuava pressionando mais pela presença no campo de ataque do que por chutes perigosos ou chances de marcar.

No fim, o resultado ficou mesmo 2 a 1 para o Bologna, um resultado que valeu para o Bologna e mais ainda para o Milan. O goleiro Radu saiu de campo emocionado, chorando, sabendo que a sua falha foi algo que pesou muito contra. Os jogadores da Inter foram em sua direção para protegê-lo, inclusive tentando evitar que ele fosse filmado de perto. Do outro lado, os jogadores do Bologna saíram comemorando muito com o apito final, assim como a torcida.

Na tabela, o Milan segue na ponta com 74 pontos contra 72 da Inter. O Bologna é 13º colocado com 42 pontos. Agora a vantagem do Milan é real, sem jogos a menos, e os rossoneri olham para a possibilidade de título com muito mais clareza.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo