Serie A

Mandzukic abriu mão do salário de março depois de desfalcar o Milan durante todo o mês

Com contrato de apenas cinco meses com o clube, o croata decidiu abdicar de parte dos vencimentos em meio a lesão

Contratado pelo Milan em janeiro deste ano para dar opções a Stefano Pioli no ataque, com Zlatan Ibrahimovic sofrendo de uma contusão de médio prazo, Mario Mandzukic não conseguiu mostrar ainda o melhor de seu futebol pelos Rossoneri. Isso se deve em parte à lesão que sofreu em fevereiro, da qual acaba de se recuperar. Em um gesto que recebeu elogios do presidente do clube, o veterano, de 34 anos, decidiu abdicar de seu salário de março, mês em que esteve completamente fora de ação.

Conforme revelou Paolo Scaroni, mandatário do Milan, à agência de notícias italiana ANSA, o croata abriu mão dos vencimentos de março, em torno de € 300 mil, segundo a RMC Sport, e o dinheiro foi revertido para a Fundação Milan, que trabalha com jovens vulneráveis.

“Um gesto excepcional. Demonstra a ética e o profissionalismo do Mario Mandzukic, assim como seu respeito pelo Milan. O clube terá, portanto, a oportunidade de apoiar ainda mais a Fundação Milan para projetos em favor de jovens em condições de vulnerabilidade econômica e educacional, para quem o esporte é uma ferramenta de inclusão social”, explicou Scaroni.

Mandzukic chegou ao Milan em janeiro com um contrato de apenas cinco meses, válido até o fim de junho. Desde então, fez apenas cinco partidas com a camisa do clube, sem marcar – quatro na Serie A, saindo do banco, e apenas uma como titular, pela Liga Europa, contra o Estrela Vermelha.

Machucado naquele encontro com os sérvios, o centroavante não jogou mais desde então. No departamento médico, perdeu todo o mês de março e só voltou a ser relacionado na rodada passada, contra o Parma, permanecendo no banco.

Mandzukic pode ganhar nova chance nesta rodada, já que Ibrahimovic está suspenso após levar cartão vermelho no último final de semana. Ainda assim, mesmo em um cenário positivo, balançando as redes e terminando em boa nota a temporada, as especulações de momento dão conta de que o clube não planeja renovar seu vínculo.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo