Quem olha para o placar de 5 a 2 da Inter contra o Crotone neste domingo, em San Siro, imagina que o time nerazzurri venceu com tranquilidade. Não foi bem isso. Em um jogo mais difícil do que se imaginava na Serie A, o time de casa contou com um inspirado Romelu Lukaku, que participou de quatro gols, fazendo a jogada de três e marcando um. Lautaro Martínez marcou três gols, participou de quatro gols e também teve uma participação decisiva. A dupla de ataque do time dirigido por Antonio Conte foi o que fez diferença para os mandantes.

LEIA TAMBÉM: Da várzea ao primeiro gol no Campeonato Italiano em quatro anos: a incrível história do brasileiro Junior Messias

O jogo começou com o Crotone marcando primeiro, aos 12 minutos. Em um escanteio curto, Junior Messias recebeu na ponta da área e cruzou para Niccolò Zanellato, que desviou de cabeça e marcou 1 a 0. O empate veio aos 20, quando Romelu Lukaku fez a jogada de pivô, acionou Lautaro Martínez e o argentino, de frente para o gol, fuzilou para marcar 1 a 1.

A virada veio aos 31. Lukaku mais uma vez foi o centro do ataque, fez a jogada de pivô, colocou na esquerda para Nicolò Barella, que cruzou para a área na direção de Lautaro, mas quem marcou foi Luca Marrone, contra. Aos 36 minutos, Arturo Vidal fez pênalti em Arkadiusz Reca. O árbitro só marcou depois de ser chamado pelo VAR. Vladimir Golemic cobrou e marcou: 2 a 2.

O jogo era complicado e o empate foi o placar do primeiro tempo. Para mudar o jogo no segundo tempo, o técnico Antonio Conte tirou Arturo Vidal e colocou em campo Stefano Sensi. Ele jogou um pouco mais recuado, liberando mais Nicolò Barella e Marcelo Brozovic para chegarem mais ao ataque. Isso melhorou muito o time da Inter, que passou a jogar melhor.

O Crotone reclamou um pênalti logo nos primeiros minutos da etapa final, depois de um chute que bateu na perna de Brozovic e depois no seu braço. Por ser um lance que tocou primeiro em outra parte do corpo antes de bater na mão, a orientação é que não deve ser marcado pênalti. Assim foi, embora os jogadores visitantes tenham reclamado.

Logo aos 12 minutos, Lukaku novamente fez uma bela jogada de pivô, tocou de calcanhar para Brozovic, que rolou para Lautaro, de frente para o goleiro, dar uma cavadinha tirando do goleiro e marcando um golaço: 3 a 2 para a Inter.

Melhor no jogo, a Inter conseguiu o quarto gol, que facilitou muito as coisas, aos 19 minutos. O zagueiro Alessandro Bastoni fez um lançamento longo, encontrou Lukaku que, imparável, não tomou conhecimento da marcação, girou e ficou de frente para o gol. Na cara do goleiro Alex Cordaz, ele não perdoou: 4 a 2.

Romelu Lukaku comemora seu gol pela Inter contra o Crotone (Inter.it)
Romelu Lukaku comemora seu gol pela Inter contra o Crotone (Inter.it)

Romelu Lukaku participou de 59 gols (50 gols, nove assistências) em seus primeiros 70 jogos com a Inter. Fez uma grande partida, sendo decisivo nos momentos mais difíceis do jogo. Seu companheiro de ataque, Lautaro Martínez, foi outro a brilhar em campo com seus três gols e muita participação nos jogos.

Com o jogo mais tranquilo, Antonio Conte fez mudanças para poupar o time. Tirou Barella, colocando Roberto Gagliardini em campo, e depois tirou Lukaku e Ashley Young para colocar Ivan Perisic e Matteo Darmian. Um dos que entrou participou do quinto gol. Perisic recebeu dentro da área, pedalou duas vezes, abriu espaço e chutou. O goleiro Cordaz defendeu, mas no rebote, Lautaro tocou de cabeça para ampliar o placar para 5 a 2.

Na reta final, aos 42, Lautaro lançou na esquerda para Matteo Darmian, que acionou o outro lado, com Hakimi, e ele finalizou de pé esquerdo para marcar um belo gol e fechar o placar: 6 a 2.

A dupla de ataque da Inter mais uma vez fez diferença, mas a vitória por goleada não pode apagar que o time teve dificuldades. Mesmo diante de um time fraco como é o Crotone, atualmente o 19º colocado na Serie A, precisou de grandes atuações dos seus atacantes para sair com a vitória. A atuação de Vidal foi muito ruim e é preciso que o técnico Antonio Conte considere a formação do segundo tempo, com Sensi, Brozovic e Barella formando o trio de meio-campo.

Na próxima quarta-feira, dia 6, a Inter volta a campo contra a Sampdoria. O Crotone entra em campo no mesmo dia contra a Roma.

Ficha técnica

Classificação da Serie A

Standings provided by SofaScore LiveScore

Melhores momentos