Serie A

Juventus começa com tudo, derrota o Genoa e busca arrancar na reta final da Serie A

A Velha Senhora abriu 2 a 0 no segundo tempo e venceu sem sustos por 3 a 1

Após tropeços contra Benevento e Torino, a Juventus ganhou o jogo atrasado contra o Napoli, essencial para se manter no G4 do Campeonato Italiano, e neste domingo confirmou a fase melhor com uma vitória sem grandes sustos diante do Genoa, por 3 a 1, em Turim.

A derrota para o Benevento e o empate no dérbi contra o Torino aumentaram a pressão sobre Andrea Pirlo e tornaram o duelo contra os napolitanos no meio de semana, adiado da terceira rodada, uma decisão por vaga na próxima Champions League. A vitória por 2 a 1 deu à Velha Senhora uma folga de três pontos em relação ao quinto colocado. Sem chance real de título, a missão de Pirlo é deixar uma boa impressão com um fim de temporada forte para se fixar entre os quatro primeiros.

Leonardo Bonucci e Bernardeschi, positivos para Covid-19, foram desfalques, mas a Juventus teve poucas dificuldades para abrir vantagem no primeiro tempo. Logo aos cinco minutos, Cuadrado fez uma bela jogada pela direita, deixou para trás Nicolò Rovella, meia de 19 anos que está emprestado pela própria Velha Senhora, e tocou para Kulusevski chegar batendo colocado de primeira.

Cristiano Ronaldo fez uma boa jogada individual, saindo da direita para o meio, e bateu de esquerda para fora. E depois perdeu um gol incrível, mas Morata estava atento para consertar. Chiesa disparou em contra-ataque, após bater a carteira de Ivan Radovanovic no meio-campo, e bateu cruzado, para boa defesa de Mattia Perin. Ronaldo pegou o rebote a poucos metros do gol e acertou a trave. Na segunda sobra, Morata completou para ampliar.

Perin fez boas defesas em chegadas de Rabiot e Kulusveski, e o Cagliari teve a melhor chance de descontar antes do intervalo quando Gianluca Scamacca saiu na cara de Szczesny, que foi veloz para abafar bem a jogada. Mas assim que os times voltaram a campo, Rovella bateu escanteio da direita e Scamacca subiu sozinho para devolver o Genoa à partida.

Marko Pjaca, outro integrante do conglomerado juventino, não ficou muito longe de empatar, com um chute rasteiro bem defendido por Szczesny, e Cristiano Ronaldo tentou matar a partida em outra jogada individual – mas novamente falhou na hora de finalizar.

Quem resolveu de vez a parada foi o meia norte-americano Weston McKennie. Recebeu o passe de Danilo por trás da defesa, entrou na área pela direita e fez 3 a 1 para a Juventus.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo