Serie A

Milan segue sua via enfadonha na Serie A diante de um jovem Frosinone

Milan não consegue subir e nem descer e, logo em fevereiro, já faz da disputa da Serie A apenas uma obrigação

Ainda estamos nos primeiros dias de fevereiro e jogar a Serie A virou apenas um cumprimento de tabela para o Milan. Não é muito provável que os rossoneri alcancem as líderes Internazionale e Juventus, assim como não é muito esperado que sejam alcançados em sua atual terceira colocação pelos times que brigam abaixo. Neste clima de chove e não molha, neste sábado (3), o time de Milão visita o Frosinone, essa sim uma equipe que ainda tem pelo que lutar na atual edição do Campeonato Italiano.

Estacionado na terceira colocação, o Milan tem dez pontos — e um jogo a mais — em relação à Atalanta, atualmente a quarta colocada da Serie A. Para a Juventus, que ocupa o segundo posto na tabela do Campeonato Italiano, são sete pontos de desvantagem, enquanto para a líder e arquirrival Inter, que também tem um jogo a menos, são longos oito pontos. Assim sendo, sem ameaçar ou poder ser ameaçado, o Milan foca no que lhe restou: fazer bom papel na Liga Europa.

A situação não é a mesma para o Frosinone, hoje um sólido time da metade inferior da tabela, ocupando a décima terceira colocação. São cinco pontos de vantagem para o Cagliari, décimo oitavo colocado e primeiro time na zona de rebaixamento da Serie A, o que dá certa tranquilidade ao time, que voltou à primeira divisão neste ano. Com elenco jovem e recheado de jogadores com potencial — mas emprestados –, o Frosinone ainda tem um longo caminho para permanecer na elite do futebol italiano.

Como o Milan chega para o jogo contra o Frosinone

Se atualmente não está realmente dentro da disputa pelo título do Campeonato Italiano — apesar de, claro, ter chances –, o Milan deve isso ao começo irregular de temporada que teve, principalmente na liga italiana. Afinal, a sequência atual é absurdamente boa e os rossoneri não perdem um jogo na Serie A desde 9 de dezembro do ano passado, quando foram batidos fora de casa pela Atalanta.

Um dos fatores que tem afastado o Milan da disputa é, também, a queda de um de seus principais jogadores nas últimas temporadas. Principal astro do Milan que foi campeão italiano na penúltima temporada, o atacante português Rafael Leão está com desempenho extremamente abaixo e, neste ano, anotou míseros três gols no Campeonato Italiano, sendo superado, por exemplo, pelo reserva Luka Jovic.

E apesar de ter, sim, ficado lesionado por um tempo, Rafael Leão não pode se apoiar nesta muleta. Afinal, fez nada menos do que 19 jogos pelo Campeonato Italiano, sendo 17 deles como titular. O retorno da boa fase do Milan, na disputa dos títulos mais importantes, passa pela recuperação do português. E a torcida rossonera espera que Rafael Leão volte o quanto antes a ser o ótimo jogador que mostrou poder ser — quem sabe, já contra o Frosinone.

Como o Frosinone chega para o jogo contra o Milan

O Frosinone teve um começo de 2024 para se esquecer, mas recuperou o rumo nas duas últimas rodadas. Vamos, antes, ao começo de ano tenebroso: perdeu em casa para o Monza, equipe com a qual disputa posição na tabela; foi eliminado da Copa da Itália levando 4 a 0 da Juventus e, no jogo seguinte, tomou de 5 a 0 da Atalanta em jogo válido pela Serie A. Parecia que tudo ia desmoronar, mas finalmente as coisas passaram a melhorar nos últimos dois jogos.

Contra o Milan, invicto há quase dois meses, o Frosinone defende sua muito tímida série de jogos sem perder, com orgulho. Afinal, a vitória diante do Cagliari, em casa, e o empate com o Hellas Verona na última rodada, como visitante, foram o suficiente para que a equipe se afastasse da zona de rebaixamento, principalmente por ter feito a lição de casa de bater dois times que lutam firmes contra o descenso.

E para tentar arrancar valiosos pontos do Milan, o Frosinone conta com o jovem argentino Matías Soulé, emprestado pela Juventus. O canhoto de apenas 20 anos vem se destacando pela equipe e é o artilheiro do Frosinone na Serie A, com nove gols marcados. Além disso, ainda contabiliza uma assistência nos 20 jogos em que participou no Campeonato Italiano. Se há um caminho para vencer o Milan, ele passa pelos pés de Soulé.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo o futebol. Por mais redundante que seja, ama escrever sobre o que é apaixonado, ficando de olho em tudo o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo