Serie A

Fiorentina precisa estancar o sangramento ou terá uma temporada bem decepcionante na Serie A

Fiorentina recebe o Frosinone desesperada por uma vitória para acabar com má fase que a assola na Serie A e ameaça sonhos para próxima temporada

Uma das sensações do futebol italiano na última temporada e dos bons times na primeira metade desta, a Fiorentina entra em campo neste domingo (11) contra o Frosinone para entender até onde pode ir a crise na qual está metida neste começo de 2024. Diante de uma equipe que luta na parte de baixo da tabela, a Viola tentará se recuperar após surpreendentes quatro jogos sem vitória.

A Fiorentina está em um dos momentos mais delicados das últimas duas temporadas e vê sua chance de estar em competições europeias na próxima temporada bastante ameaçada. Semifinalista na Copa da Itália, competição na qual enfrentará a Atalanta, a Viola não vence um jogo pela Serie A desde dezembro do ano passado, flerta com uma crise pesada e viu sua boa campanha no Campeonato Italiano desabar.

Do outro lado estará um Frosinone estacionado na parte de baixo da tabela, mas que até o momento vive sem riscos extremamente reais de ser rebaixado novamente à segunda divisão da Itália. Atualmente, cinco pontos separam a equipe da zona do descenso, sendo a distância segura até o momento muito mais pela incapacidade dos times abaixo do que pelo futebol apresentado pelo próprio Frosinone.

Como a Fiorentina chega para o jogo contra o Frosinone?

A fase da Fiorentina é terrível e acabou fazendo com que a partida diante do Frosinone se tornasse uma (desnecessária) decisão. Por quase toda a extensão da Serie A, a Viola conseguiu sem manter estável na quarta colocação na tabela, nunca brigando para estar mais acima, mas sempre confortável em relação aos adversários de baixo. Acontece que essa zona do Campeonato Italiano virou uma briga de faca no escuro e, bem nesse momento, a Fiorentina vacilou muito.

Desde que venceu o Torino, em casa, por 1 a 0, no já distante 29 de dezembro do ano passado, a Fiorentina não conseguiu mais uma mísera vitória na Serie A. Pelo contrário: somou apenas um ponto, com três derrotas e um empate nos quatro jogos que se seguiram. O desempenho preocupa ainda mais quando notamos que, nessas partidas, a Viola fez apenas quatro gols e sofreu sete, o que abalou também seu saldo de gols.

Diante do Frosinone, o técnico Vincenzo Italiano deverá ter à disposição o que tem de melhor em Florença para tentar voltar a viver. Atualmente, a Viola ocupa uma incômoda oitava colocação e deixou a Atalanta, time que está em quarto e é o que fecha a zona de classificação à Champions League na Serie A, está cinco pontos na frente. Apenas a Roma, sexta colocada, tem um jogo a mais que a Fiorentina, o que não muda exatamente muita coisa, já que os romanos têm quatro pontos a mais na tabela e, mesmo que essa partida a menos se torne uma vitória, a Fiorentina não faria a ultrapassagem

Como o Frosinone chega para o jogo contra a Fiorentina?

Se as coisas não estão boas para o lado da Fiorentina, também não vão nada bem para o Frosinone, que perdeu em casa para o Milan na última rodada, jogando bem até, e chegou ao segundo jogo sem vencer, tendo obtido apenas uma vitória nas últimas dez partidas que fez pelo Campeonato Italiano. Antes um membro sólido do meio da tabela da Serie A, o Frosinone, aos poucos, vai desabando e vê o perigo do rebaixamento ser uma realidade cada vez mais próxima.

O alento do Frosinone contra o Milan é o fato de o time ter feito frente a uma das equipes mais bem colocadas e em melhor fase na Serie A neste momento. OK, não é muito para quem voltou a ser ameaçado pelo rebaixamento, mas faz o time ter esperanças de poder tirar uma casquinha da má fase da Fiorentina. Para isso, a aposta será, novamente, no talento argentino do jovem Matías Soulé.

Contra o Milan, Soulé fez um gol e deu assistência para outro, chegando a nada menos do que dez redes balançadas na Serie A. Emprestado pela Juventus, parece cada vez mais um talento extremamente bom e a ser lapidado, coisa que não deverá acontecer no Frosinone na próxima temporada. Mas se o argentino for capaz de livrar o time do rebaixamento, pouco importará: já terá cumprido seu papel na história do clube — e muito bem. A ver se o Frosinone se aproveita da crisa Fiorentina ou se afunda de vez na sua própria.

Foto de Livia Camillo

Livia Camillo

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário FIAM-FAAM, escreve sobre futebol há cinco anos e também fala sobre games e cultura pop por aí. Antes, passou por Terra, UOL, Riot Games Brasil e por agências de assessoria de imprensa e criação de conteúdo online.
Botão Voltar ao topo