Leste EuropeuSerie A

Fiorentina confirma contratação de Kokorin, um atacante controverso e de poucos gols

A Fiorentina acertou a contratação do atacante Aleksandr Kokorin, de 29 anos, que estava no Spartak Moscou. O jogador chega por €4,5 milhões, um valor relativamente baixo por um jogador que já mostrou potencial, embora não tenha atingido o nível que se imaginava. Mais do que isso, seu comportamento sempre foi um problema. Em maio de 2019, ele chegou a ser preso por agressão, passou um ano atrás das grades antes de retornar ao Zenit. Ao longo da carreira, nunca fez mais do que 10 gols por temporada, mesmo sendo atacante.

Embora tenha surgido como um talento, Kokorin não se tornou um jogador do mais alto nível. Ele era visto como o principal jogador da seleção russa que seria anfitriã da Copa do Mundo de 2018. Em março daquele ano, porém, meses antes do Mundial, sofreu uma lesão grave ao romper o ligamento cruzado anterior. Perdeu a Copa do Mundo e ficou afastado dos gramados até setembro de 2018.

Pouco depois, em outubro, aconteceu a agressão a uma autoridade do Ministério do Comércio e o espancamento de um motorista. Kokorin e Mamaev, que estava com ele, foram condenados a 17 e 18 meses de prisão respectivamente. Ele deixou a prisão em liberdade condicional em setembro de 2019. Por mais que quisesse, ele não voltaria a jogar pelo Zenit.

Embora tenha jogado no Lokomotiv Moscou na base, terminou a sua formação como jogador no Dynamo Moscou. Subiu à equipe profissional em 2008. Em 2013, foi contratado pelo Anzhi, um novo rico que despontava na época, mas nem chegou a entrar em campo pelo clube, que passava por problemas financeiros e acabou tendo que vendê-lo, na mesma janela, para o Dynamo Moscou pelos mesmos €19 milhões que pagou pouco mais de um mês antes. Foram 203 jogos pelo clube, com 50 gols marcados, além de 26 assistências.

Em 2016, o Zenit, um dos mais ricos clubes russos, o contratou. Foram quatro anos defendendo o clube de São Petersburgo, com 92 jogos, 34 gols e 12 assistências. Depois da prisão, em 2019, só voltou a jogar em janeiro de 2020. Ainda vinculado ao Zenit, foi emprestado ao Sochi, onde fez 10 jogos, com sete gols e três assistências. O seu contrato com o clube de São Petersburgo se encerrou ao final da temporada.

O bom final de temporada lhe rendeu uma transferência ao Spartak Moscou, em agosto de 2020. Foram poucos jogos pelo novo clube, apenas 10, e dois gols marcados, além de duas assistências. Seu último jogo foi no dia 29 de novembro, pelo Campeonato Russo. Não jogou em dezembro, com uma lesão no quadril, até a parada de inverno no país. A liga russa só retorna no dia 26 de fevereiro.

Surpreendentemente, o Spartak Moscou parece disposto a vende-lo depois de seis meses da sua contratação, que foi sem custos. Talvez porque o seu salário é considerado alto para os padrões russos, de é €3,3 milhões por temporada. Na Fiorentina, não foi revalado qual será o seu salário.

Embora seja um centroavante, pode atuar mais recuado, atuando atrás de um outro atacante, ou mesmo pelos lados do campo. “Olá, Florença, estou feliz por estar aqui. Forza Viola”, disse o jogador em vídeo ao chegar na cidade para fazer exames médicos e assinar contrato. “Eu estou feliz por estar na Itália. Eu escolhi Florença porque é a cidade mais bonita da Europa, o clube é bom e tem muita história”.

“Eu quero fazer o meu melhor, marcar muitos gols e vencer jogos. Talvez tentar ganhar algumas taças com a Fiorentina. Eu estou acompanhando os jogos da Fiorentina, eu vi os dois últimos jogos da liga. É claro que eu conheço e ouvi sobre [Frank] Ribéry, [José] Callejón, [Dusan] Vlahovic e há muitos bons jogadores”, continuou. “Eu escolhi a camisa 91 para vestir”.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo