ItáliaSerie A

Falta de segurança cancela jogo entre Cagliari e Roma

A prefeitura de Cagliari cancelou o confronto entre Cagliari e Roma, que aconteceria neste domingo, pela quarta rodada da Serie A. A partida deveria ser disputada sob portões fechados, já que o novo estádio do clube da Sardenha ainda não passou pelos testes de segurança. Entretanto, o presidente do Cagliari, Massimo Cellino, convocou os torcedores a comparecerem no jogo, causando temores de confrontos nos arredores do local.

“A decisão pública foi forçada pela urgente necessidade de prevenir qualquer forma de desordem pública causada pela emotiva, irracional e desavisada reação do presidente do Cagliari”, declararam as autoridades, em nota oficial. Renovado para esta temporada, o estádio Is Arenas tem capacidade para 16 mil espectadores.

Anteriormente, Cellino tinha convocado os torcedores ao jogo como forma de protestar contra a burocracia para a abertura do estádio: “O Cagliari não pode ver um futuro diante das dificuldades burocráticas e do desinteresse coletivo das autoridades. Convidados todos os torcedores que têm um ingresso da temporada para assistir ao jogo contra a Roma, em total respeito às ordens e civilidade. O clube considera a estrutura adequada e segura. Este movimento pacífico foi causado pela frustração de defender nosso direito de existir”.

Caso a partida não seja realizada em outra data, o Cagliari poderá ser penalizado com uma derrota por 3 a 0 por ter provocado o cancelamento. O clube aparece apenas na 16ª colocação na tabela, com dois pontos.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo