ItáliaSerie A

Em rodada perfeita, Juve dá baile contra a Roma e dispara

A Juventus esteve irretocável contra a Roma neste domingo, em Turim. Ainda que se conteste um pênalti a favor do time da casa, os bianconeri fizeram uma de suas melhores atuações na temporada. Com um futebol envolvente, não deixaram os giallorossi jogar e construíram sólida vitória por 4 a 0, que poderia ser bem mais elástica.

Uma noite de gala para coroar a disparada da Juve na primeira colocação do Campeonato Italiano. Graças ao empate do Milan contra o Bologna, a equipe de Antonio Conte agora possui três pontos de vantagem na Serie A, restando cinco rodadas para o fim da competição. Já a Roma cai para a sexta posição na tabela, com 50 pontos. Os tropeços dos rivais diretos na tabela, entretanto, ajudam o clube da capital a seguir vivo na briga por uma vaga na LC.

A Vecchia Signora não deu tempo para os visitantes pensarem e já marcou o primeiro gol com apenas quatro minutos de jogo, em resultado de boa jogada coletiva. Na conclusão, Paolo De Ceglie cruzou da esquerda e Arturo Vidal apareceu livre para arrematar. E, quatro minutos depois, o próprio chileno tratou de marcar novamente para a Juve. Mirko Vucinic ajeitou e Vidal soltou a bomba do bico direito da grande área, sem chances para Marteen Stekelenburg.

Por sua vez, a Roma tentava trabalhar a bola, mas tinha sérias dificuldades para infiltrar a linha defensiva da Juventus e se limitou a chutes de longe. E os bianconeri liquidaram a partida aos 26 minutos, quando o árbitro marcou pênalti de Stekelenburg em Claudio Marchisio, em lance contestado pelos giallorossi.

Com a expulsão do goleiro, o reserva Gianluca Curci substituiu Fabio Borini e até defendeu a cobrança de Andrea Pirlo, embora o meia tenha feito o terceiro gol da Juventus no rebote. O clube de Turim seguiu mais perigoso no restante da primeira etapa, ameaçando principalmente em tiros de média distância.

O quarto gol, no entanto, só saiu na volta do intervalo, já aos sete minutos. Após jogada pelo lado esquerdo do ataque, Mirko Vucinic ajeitou de calcanhar e Marchisio encheu o pé da meia-lua. A finalização cirúrgica morreu no canto da meta, longe das mãos de Curci. Com a goleada consolidada, a Vecchia Signora pôde tirar o pé do acelerador e, aos 15 minutos, Alessandro Del Piero entrou em campo para participar da festa.

A apatia da Roma era visível e a equipe de Luis Enrique mal conseguia se aproximar da área bianconera. Do outro lado, Curci defendeu o chute de Marchisio aos 27, evitando um resultado ainda mais vexatório. Nos minutos finais, os jogadores da Juve gastaram a bola com sequências de passe, motivando os gritos de olé e a comemoração nas arquibancadas.

Confira os jogos da 34º rodada da Serie A:

Sábado, 21/abr
Parma 3×0 Cagliari
Chievo 0x0 Udinese
Catania 2×0 Atalanta
Napoli 2×0 Novara

Domingo, 22/abr
Fiorentina 0x0 Internazionale
Milan 1×1 Bologna
Lazio 1×1 Lecce
Cesena 2×2 Palermo
Genoa 1×4 Siena
Juventus 4×0 Roma

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo