Em um confronto na parte de cima da tabela, Internazionale e Lazio, cada uma com seu objetivo, fizeram um grande duelo de estratégias opostas. Enquanto os Nerazzurri optaram pela segurança e pelo contra-ataque, os Laziali foram pelo risco de ter a posse de bola no ataque com muitos jogadores no campo adversário – e acabaram pagando por isso. Com uma grande atuação de Romelu Lukaku, autor de dois gols e uma assistência, a Inter venceu por 3 a 1 e ultrapassou o rival Milan para assumir a liderança da Serie A.

O primeiro tempo foi bastante movimentado e também equilibrado, embora o placar sugira outra história. e Inter alternaram momentos de domínio na primeira etapa, e foi a equipe de Antonio Conte que soube aproveitar os seus instantes de superioridade para construir a vantagem no placar.

Nos primeiros dez minutos, a Lazio esteve levemente acima, se lançando ao ataque e causando problemas à Inter com sua movimentação ofensiva pelos lados. Apesar deste início bom dos visitantes, o primeiro lance de perigo foi dos Nerazzurri. Aos 12 minutos, De Vrij lançou Perisic em bola longa, o croata ajeitou para Lautaro Martínez, e o argentino chutou forte, à esquerda do gol de Reina.

Depois de equilibrar mais o duelo, a Inter logo conseguiu seu primeiro gol. Aos 20 minutos, Lukaku deu um lindo passe em profundidade para Martínez e deixou o argentino cara a cara com Reina. Desesperado, Hoedt tentou um carrinho por trás, em torno dos pés de Lautaro, mas acabou derrubando o adversário. Com o pênalti marcado, Lukaku foi para a cobrança e converteu.

Nos minutos seguintes ao gol, a Lazio sentiu um pouco a desvantagem, e a Inter foi superior. Nos 15 minutos finais do primeiro tempo, no entanto, o time da capital italiana reagiu e empurrou a equipe de Antonio Conte para a zaga. Os comandados de Simone Inzaghi atacavam em grande número, deixando apenas dois ou três defensores postados mais atrás, e trocavam passes buscando espaços. Aos 38 minutos, Luis Alberto tocou para Immobile, que arriscou de fora da área e levou perigo, com Handanovic defendendo em dois tempos.

Aproveitando-se dos espaços deixados atrás pela Lazio, a Inter intensificou seu jogo no contra-ataque e começou a ensaiar o segundo gol. Aos 40, contragolpeou com superioridade numérica e levou problemas à defesa laziale, mas Reina se atirou à bola para evitar que ela chegasse a Lukaku. Três minutos mais tarde, Lautaro cruzou com força da direita para a esquerda, Perisic dominou com classe e ajeitou para Lukaku, mas o chute do belga foi muito ao centro do gol, facilitando a vida de Reina.

Aos 45, em um lance de sorte, a Inter chegou a seu segundo tento. Brigando pela posse, Brozovic deu um carrinho e mandou a bola contra Lazzari. Ela sobrou para Lukaku, que, frente a frente com Reina, bateu forte para ampliar. Inicialmente anulado por impedimento, o gol foi validado após revisão do VAR, levando o belga ao topo da artilharia da Serie A, ao lado de Cristiano Ronaldo, com 18 bolas na rede.

Insatisfeito com a fraca proteção à zaga, Inzaghi voltou para o segundo tempo com duas alterações: Hoedt deu lugar a Escalante, enquanto Parolo substituiu Lucas Leiva. O problema, no entanto, estava talvez mais na estratégia do que nas peças, já que a vulnerabilidade defensiva continuou ao longo do segundo tempo.

Como no primeiro tempo, a Inter deu a bola à Lazio, que atacava com muitos jogadores, e se defendeu sempre pronta a fazer a transição rápida ao ataque, lançando Lukaku e Lautaro Martínez.

A Lazio teve uma boa chance de diminuir aos 11 minutos da etapa final em cruzamento de Patric desviado por Immobile, mas a bola caiu no pé do zagueiro Acerbi, que, mesmo em boa posição, isolou a bola por cima do gol. Dois minutos mais tarde, um vacilo de Acerbi, desta vez na defesa, quase deu o terceiro tento à Inter, mas Parolo deu um carrinho no último instante para evitar a finalização de Hakimi.

Se com a bola rolando estava difícil, a Lazio recorreu à bola parada para conseguir diminuir. Aos 16 minutos, Milinkovic-Savic cobrou falta da entrada da área, ela desviou em Escalante e matou Handanovic: 2 a 1.

Antes mesmo que pudesse se reestabelecer no jogo e ameaçar a vitória da Inter, os donos da casa responderam com seu terceiro gol. Aos 19, Brozovic iniciou contra-ataque com um passe longo para Lukaku, e o belga deu uma de suas arrancadas características. Ultrapassou Parolo e, dentro da área, na saída de Reina, tocou para o lado para Lautaro Martínez, que completou para o gol.

Diante da desvantagem, Simone Inzaghi mudou levemente sua estratégia para apostar mais em bolas pelo alto e alterou sua dupla de ataque, sacando Immobile e Correa para a entrada de Muriqi e Caicedo. A tentativa não rendeu frutos, e a Lazio seguiu com uma posse de bola estéril até o fim do duelo. Com muitos jogadores na frente, se expôs ainda mais para contra-ataques da Inter, que teve as melhores chances restantes no duelo. Primeiro com Lautaro, aos 26, recebendo pela esquerda e fazendo bonito lance individual até ver seu chute interceptado pelo próprio companheiro de equipe Nicolò Barella. Depois, com Lukaku, que recebeu passe do argentino, pedalou dentro da área e mandou uma bomba em cima de Reina.

Inzaghi foi ao duelo com uma aposta ousada e fez um primeiro tempo muito bom, mas pagou caro pelos riscos que assumiu, especialmente diante de uma dupla de ataque entrosada e explosiva como a formada por Lukaku e Lautaro Martínez. A Inter, por sua vez, fez o seu jogo ideal, controlou bem o placar e, mesmo sem a bola ou a maioria das finalizações, saiu como justa vencedora do confronto.

Com a vitória, a Inter assumiu pela primeira vez a ponta da Serie A, com 50 pontos, aproveitando o tropeço do Milan, que perdeu no sábado (13) para o Spezia por 2 a 0 e estacionou nos 49 pontos. A Lazio, por sua vez, lamenta a chance perdida de ultrapassar a Juventus e igualar a terceira colocada Roma.

Classements proposés par SofaScore LiveScore