Serie A

Ederson apostou em si e agora colhe os frutos na Serie A, ao trocar a Salernitana pela Atalanta

Ederson abraçou a missão numa Salernitana ameaçadíssima, ajudou muito na salvação e agora vai para um clube de ambições bem maiores

Ederson apostou em si mesmo quando acertou sua transferência para a Salernitana, em janeiro. O meio-campista vinha de uma ótima temporada com o Fortaleza e embarcava em seu sonho europeu rumo a um ambiente instável. Os grenás de longe apareciam como o pior time da Serie A e buscavam reforços para tentar se salvar. De fato, o milagre se concretizou sob as ordens de Davide Nicola. A Salernitana se transformou na campanha e evitou o descenso. Ederson se provou no novo ambiente. Conseguiu render muito bem e foi uma das principais razões para a guinada da equipe. Agora, sobe um degrau. Vai continuar na Itália, mas com a chance de defender a Atalanta a partir da próxima temporada.

O negócio é excelente para a Salernitana. De um investimento inicial de €6,5 milhões na contratação de Ederson junto ao Corinthians, o clube agora vende o meio-campista por €21 milhões. A Atalanta confia na amostra dada durante os últimos seis meses, enquanto precisa se reformular após a campanha abaixo das expectativas na temporada passada, ao ficar de fora das copas europeias. Leva um jogador prestes a completar 23 anos, que pode se desenvolver mais e também render lucro à Dea. Adaptação não é problema ao brasileiro.

A carreira de Ederson se transformou desde 2021. Formado pelo Desportivo Brasil, o meio-campista apresentou suas qualidades no Cruzeiro e tentou a sorte no Corinthians. Porém, não no mesmo nível que estabeleceu durante a passagem emprestado pelo Fortaleza, tornando-se um dos melhores volantes do Brasileirão. A venda para a Salernitana apresentava-se como um ótimo negócio de ocasião aos corintianos, mas poderia questionar-se a escolha esportiva do atleta, indo para um time praticamente fadado ao rebaixamento. Sabia que precisava aproveitar a vitrine que teria em poucos meses, e o resultado foi melhor do que a encomenda.

Ederson disputou 15 partidas com a Salernitana pela Serie A, anotando dois gols e servindo uma assistência. Mais importante foi a estabilidade garantida pelo meio-campista. Não demorou a se tornar titular e a cair nas graças de Davide Nicola. Já na reação incrível conseguida pelos grenás, seria essencial para garantir pontos. Um de seus gols veio exatamente no empate contra a Atalanta. Agradou Gian Piero Gasperini e se tornou uma das prioridades para a janela de transferências.

Em Bérgamo, Ederson vai encontrar um ambiente mais próximo do que tinha no Fortaleza, de uma equipe que busca o jogo agressivo. Até por isso seu encaixe pode ser facilitado, sem contar a aclimatação depois de seis meses na Itália. A Salernitana certamente é grata pelos serviços prestados pelo brasileiro, com mais um ano na primeira divisão. E o jogador abre seu caminho para buscar mais no Calcio. Será comandado por um dos melhores técnicos da liga, num clube que é exemplo de bom trabalho, mesmo que o rendimento nos últimos meses tenha caído e custado a ausência nas copas europeias.

Ederson é a primeira grande novidade da Atalanta na janela de transferências, após assegurar as compras definitivas de Merih Demiral e Jérémie Boga. Entretanto, o mercado guarda saídas. O zagueiro Matteo Lovato foi envolvido na aquisição do brasileiro e segue à Salernitana por €7 milhões. Já Matteo Pessina foi emprestado ao Monza. Os Orobici também negociaram outros jovens sem tanto espaço para fazer caixa – em entradas que já superam os €20 milhões.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo