Serie ASérie B

É bacana ver uma lenda como Vialli exaltando seu time de coração, a modesta Cremonese

Gianluca Vialli foi um dos melhores atacantes do futebol italiano nos anos áureos da Serie A. Liderou a Sampdoria no período mais vitorioso de sua história – conquistando a Recopa Europeia em 1990, o Scudetto em 1991 e chegando à final da Champions em 1992 – antes de se transferir à Juventus. Foi campeão da liga com a Velha Senhora, assim como faturou a Copa da Uefa em 1993 e a Champions em 1996 – nesta, como capitão, erguendo a taça após a vitória contra o Ajax em Roma. Depois, ainda faria história no Chelsea, jogador e técnico no título da Recopa Europeia de 1998. É um dos nove atletas que conquistou as três principais competições continentais da Uefa, além de ter disputado duas Copas do Mundo com a seleção – que certamente poderiam ter sido três, não fossem as desavenças com Arrigo Sacchi que o tiraram do Mundial de 1994.

E o currículo extenso não impede Vialli de celebrar as suas origens. De mostrar que, acima do multicampeão, permanece o torcedor apaixonado. Nesta sexta, a Cremonese estreou pela Serie B do Campeonato Italiano. Voltou à segunda divisão após 11 anos de ausência. E quem aproveitou as redes sociais para oferecer seu apoio aos grigiorossi? Ele mesmo, Gianluca Vialli. Nascido em Cremona, o atacante chegou às categorias de base do clube quando tinha 14 anos de idade. Profissionalizou-se por lá, conquistou o acesso na terceirona em sua primeira temporada e disputou três edições da Serie B antes de se transferir à Sampdoria.

“Força, velho coração grigiorosso!”, publicou Vialli, em seu Instagram, vestindo uma bela camisa antiga do clube. A torcida ilustre só não ajudou tanto a Cremonese dentro de campo. A equipe acabou derrotada pelo Parma, outro que voltou à Serie B, por 1 a 0. O veterano Emanuele Calaiò anotou o gol da vitória por 1 a 0 no Ennio Tardini. Agora é ver se Vialli também comparecerá às arquibancadas do Estádio Giovanni Zini.

Forza vecchio cuore Grigiorosso! #skysport #serieb

Uma publicação compartilhada por Luca Vialli (@lucavialli) em

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo