Serie A

Cristiano Ronaldo marca duas vezes no fim, dá virada à Juventus e coloca Velha Senhora no terceiro lugar

Apesar de atuação ruim, Juve conseguiu buscar a virada contra a Udinese nos minutos finais e segue firme na briga pela Champions, apesar de calendário difícil

Em mais uma atuação ruim, a Juventus esteve perto da derrota diante da Udinese neste domingo (2), no Estádio Friuli, mas Cristiano Ronaldo apareceu no fim para fazer a diferença, marcando dois gols e determinando a vitória de virada por 2 a 1. Com o triunfo, a Juventus segue viva na briga por uma vaga na Champions League da próxima temporada, o que pode condicionar a permanência de Andrea Pirlo no comando da equipe.

Os rumores sobre uma possível demissão de Pirlo têm sido recorrentes, e o técnico parece sempre a uma derrota de perder seu cargo. Balançando no posto, o treinador terá Cristiano Ronaldo a agradecer caso tenha um pouco de tranquilidade nesta semana.

A Udinese começou o jogo mais ligada que a Juve e abriu o placar ainda aos dez minutos do primeiro tempo. Aproveitando desatenção da Velha Senhora em uma cobrança de falta, Rodrigo De Paul bateu rápido a bola parada, entregando para Nahuel Molina, que chutou forte, sem ângulo, para vencer Szczesny e fazer 1 a 0.

A Juve esteve perto do empate aos 27 minutos, com McKennie, que apareceu sozinho dentro da área para completar cobrança de escanteio de Cuadrado e mandar de cabeça a centímetros da trave direita de Simone Scuffet.

O goleiro trabalhou bem alguns minutos mais tarde ao defender um chute baixo de Dybala e, mais tarde, levou sorte ao ver Cristiano Ronaldo cabecear por cima do gol após cruzamento de De Ligt na sequência de uma cobrança de falta levantada na área.

No segundo tempo, a Udinese começou ameaçando com Tolgay Arslan, que recebeu de Okaka após bom pivô do centroavante e bateu à direita do gol de Szczesny. Aos 20 minutos da segunda etapa, Jens Stryger-Larsen acertou um bonito chute cruzado, com curva, e viu a bola se perder à esquerda do gol.

Apesar do segundo tempo ruim, a Juventus foi presenteada pela Udinese na reta final com dois vacilos. No primeiro deles, aos 37 minutos, Cristiano Ronaldo cobrou falta, e De Paul, na barreira, esticou o braço para impedir que a bola passasse. O pênalti foi marcado, e, na cobrança, o português empatou. Aos 44 minutos, dando números finais ao jogo, Ronaldo apareceu às costas da marcação, na segunda trave, para completar cruzamento de Rabiot e cabecear para fazer 2 a 1.

Classements proposés par SofaScore LiveScore

O empate ia complicando a vida da Juventus, que estacionava nos 67 pontos, igualada com o quinto colocado, o Napoli, e apenas três pontos à frente da sexta colocada, a Lazio, que tem um jogo a menos. O triunfo, por outro lado, impulsiona a Velha Senhora à terceira colocação, com os mesmos 69 pontos que Atalanta (2ª) e Milan (4º).

Com quatro rodadas restantes, a classificação à Champions League ainda está em risco para a Juve, mas a missão seria ainda mais difícil sem a interferência decisiva de Cristiano Ronaldo neste domingo. Se quiser ir à competição europeia, no entanto, a equipe de Andrea Pirlo terá que fazer melhor do que o que apresentou contra a Udinese, já que o calendário é complicado: Milan, Sassuolo, Internazionale e Bologna são os oponentes nas semanas finais de Serie A.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo