Serie A

Cristiano Ronaldo deu sua resposta aos críticos, com três gols e uma atuação de gala contra o Cagliari

Cristiano Ronaldo teve seu nome bastante citado pela imprensa nesta semana, e não por bons motivos. O craque fez uma partida apagada na eliminação da Juventus contra o Porto pela Champions League e, diante da queda paralela de Lionel Messi, muita gente quis decretar o “fim de uma era”. Até mesmo sua saída do clube passou a ser especulada. Assim, Ronaldo tratou de mostrar como ainda tem lenha para queimar, mesmo que a Velha Senhora tivesse uma partida mais acessível pela Serie A. CR7 nunca tinha balançado as redes na Sardenha e aproveitou para guardar logo uma tripleta, comandando os 3 a 1 sobre o Cagliari.

Andrea Pirlo escalou uma equipe ofensiva, com Dejan Kulusevski e Federico Chiesa nas pontas, além de Cristiano Ronaldo e Álvaro Morata no ataque. Apenas dez minutos bastaram para o primeiro gol. Juan Guillermo Cuadrado cobrou o escanteio e Ronaldo subiu no terceiro andar para cabecear. Em meio à sua ânsia, o português ainda receberia o amarelo por uma disputa com o goleiro Alessio Cragno, em que a chuteira pegou no rosto do adversário – em lance que os sardos reclamaram sobre o possível vermelho.

As chances da Juventus se seguiam, até que Ronaldo marcasse mais um aos 25. Num contra-ataque, o camisa 7 foi lançado por Morata e acabou atropelado por Cragno. Pênalti, que ele mesmo converteu. Já o gol mais bonito do craque ficou aos 32, completando sua tripleta. Chiesa inverteu o passe à direita, onde CR7 pedalou e mandou um petardo de canhota no alto da meta. Segundo dados do Mister Chip, foi a primeira vez desde setembro de 2015 que o português balançou as redes três vezes antes do intervalo. E com um detalhe: foi o chamado “hat-trick perfeito”, marcando de cabeça, de direita e de esquerda.

Antes do intervalo, a Juventus ainda perdeu o lesionado Alex Sandro. Durante o segundo tempo, a Velha Senhora baixou suas linhas e o Cagliari começou a atacar mais. Wojciech Szczesny realizou boas defesas em sequência, mas os sardos acabariam descontando aos 16, num cruzamento de Gabriele Zappa que Giovanni Simeone definiu com liberdade na área. Os rossoblù ainda perderam a chance do segundo com Gastón Pereiro, mas Cragno também evitaria o quarto de Ronaldo nos acréscimos, com uma defesa milagrosa no mano a mano. Com a tripleta deste domingo, CR7 chega aos 23 gols na Serie A, quatro a mais que Romelu Lukaku. Ao todo, 43% dos tentos da Juve na campanha foram anotados pelo lusitano.

A Juventus mantém a terceira colocação na Serie A, com 55 pontos, abrindo novamente distância em relação à Atalanta. Ainda encosta no Milan, que só entra em campo depois. Os juventinos não perdem há cinco rodadas, com quatro vitórias no período. Já o Cagliari perdeu sua sequência de três rodadas de invencibilidade. Os rossoblù saíram da zona de rebaixamento recentemente, mas continuam apenas dois pontos acima do Z-3.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo