ItáliaSerie A

Conte: “Só quero tratamento igual, não favorecimento”

As reclamações da Juventus contra um pênalti não marcado no empate sem gols contra o Parma continuam a ecoar em Turim. O técnico Antonio Conte se manifestou novamente sobre o caso, afirmando que apenas deseja uma arbitragem mais justa nas partidas de sua equipe.

“Eu expressei a minha opinião no estádio e fiz isso sem contestar incidentes individuais. Eu nunca pedi por favorecimentos, simplesmente para tratamentos iguais”, apontou, em entrevista coletiva.

Conte também comentou a ausência de gols nos últimos dois jogos da Vecchia Signora pela Serie A: “Eu estaria muito preocupado se não tivesse as estatísticas em mãos. Nós somos o time que mais chuta a gol e o time que, fora o Milan e a Roma, permanece mais tempo no campo ofensivo. São estatísticas importantes, que mostram a estrutura e a organização do trabalho”.

“Os jogadores fazem o que precisam fazer. Neste momento, estamos encontrando dificuldades para acertar o gol. Mas estou confiante que isso é apenas uma fase. Eu tenho grande confiança em meus jogadores, que estão fazendo coisas extraordinárias”, finalizou.

A Juventus aparece na segunda colocação do Campeonato Italiano, com 46 pontos, um a menos que o Milan. Neste sábado, os bianconeri recebem o Catania no Juventus Stadium.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo