Serie A

Biglia chegou ao Milan, mas já deu uma bola fora ao mandar um “forza, Lazio” sem querer

Entre as muitas novidades do Milan para a próxima temporada, a contratação de Lucas Biglia era uma das mais esperadas. As conversas duraram semanas, até que o acerto com a Lazio enfim se concretizasse. O argentino foi apresentado oficialmente pelos rossoneri neste domingo, em Milanello. A transação custou estimadamente €17 milhões, com outros €3 milhões pendentes como bônus, em tratativas que se alongaram justamente pelas pedidas altas dos laziali. Não é um jogador brilhante, mas o meio-campista de 31 anos vem para dar consistência ao time de Vincenzo Montella, com vínculo assinado pelas próximas três temporadas.

Os milanistas só não devem ter gostado muito da primeira impressão que Biglia deixou em sua chegada à sede do clube. Parado por torcedores, o argentino recebeu um pedido para que mandasse uma mensagem. E o impensado “Forza, Lazio” gerou certa insatisfação nos presentes, assim como um visível desconcerto no jogador. Vai rodar nas redes sociais, mas não é nada que não possa deixar para trás com algumas boas partidas.

Se o mercado do Milan se caracteriza basicamente pela busca de muitos jogadores jovens, Biglia vem para ser uma das referências no elenco renovado. As quatro temporadas como um dos principais jogadores da Lazio o referendam, oferecendo muita regularidade e segurança. Não é o tipo de jogador que vai ganhar as partidas sozinho. De qualquer maneira, é daqueles que ajudam a constituir uma espinha dorsal no 11 inicial. Seu moral na Lazio era tão grande que usou a braçadeira de capitão nos últimos dois anos. Agora, o papel será liderar os diversos novatos dos rossoneri, principalmente ao lado de Leonardo Bonucci.

Até o momento, o Milan já gastou mais de €200 milhões na janela de transferências – considerando também os jogadores emprestados, mas com cláusulas obrigatórias de compra. Além de Biglia, os reforços são: Leonardo Bonucci, André Silva, Andrea Conti, Hakan Çalhanoglu, Ricardo Rodríguez, Mateo Musacchio, Franck Kessié, Fabio Borini e Antonio Donnarumma. As maiores expectativas nestas últimas semanas de mercado se concentram na chegada de um novo atacante, último grande objetivo da diretoria para completar o grupo de Montella.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo