Serie A

Atropelado pela Lazio, o Milan vive uma situação preocupante e deixa o G-4 pela primeira vez desde a segunda rodada

A derrocada do Milan na Serie A atingiu seu nível mais alarmante nesta segunda-feira, no fechamento da rodada. Depois de liderar o campeonato durante quase todo o primeiro turno, os rossoneri entraram em espiral e viram a Internazionale disparar. Neste momento, o Scudetto nem era mais uma questão aos milanistas, que tinham que se preocupar com sua vaga na Champions. E os maiores temores da torcida se concretizaram na visita ao Estádio Olímpico: com a derrota para a Lazio por 3 a 0, o Milan caiu para a quinta colocação e deixou o G-4 do Campeonato Italiano pela primeira vez desde a segunda rodada. Atalanta, Napoli e Juventus ultrapassaram os rossoneri nesta rodada.

O Milan entrava em campo pressionado pelos resultados, depois das vitórias de Atalanta e Napoli, além do empate que também permitiu à Juventus igualar a pontuação. Além disso, a Lazio via a oportunidade de se reerguer no confronto direto com os milanistas, depois da derrota na rodada anterior. Logo aos dois minutos, o placar estava aberto na capital. Ciro Immobile deu o passe entre os zagueiros e Joaquín Correa invadiu a área em velocidade, passando por Gianluigi Donnarumma para definir. A própria fase ruim dos rossoneri já tornava improvável uma reviravolta, contra um adversário bem mais contundente.

O Milan sentiu o gol e quase tomou o segundo na sequência, mas Donnarumma impediu Immobile de aumentar a conta. Somente depois de alguns minutos é que os rossoneri se recobraram e passaram a pressionar pelo empate. Hakan Çalhanoglu arriscava bastante, mas parava em Pepe Reina. Da mesma forma, as voltas de Theo Hernández e Ismael Bennacer não eram suficientes. E a situação só não piorou porque Manuel Lazzari teve um gol anulado por impedimento milimétrico pouco antes do intervalo.

Aos seis minutos do segundo tempo, a situação do Milan degringolou. A Lazio ampliou numa jogada individual de Correa. O lance ainda gerou reclamações por uma dividida de Lucas Leiva com Çalhanoglu na construção da jogada, mas, mesmo chamado ao monitor, o árbitro Daniele Orsato não deu a falta – por mais que o toque do brasileiro no pé do turco fosse claro. De novo os laziali apareciam mais ligados e Donnarumma impediu a tripleta de Correa com uma defesaça. A situação dos rossoneri ficava ainda pior, pela maneira como os biancocelesti levavam perigo nos contra-ataques.

Por mais que o Milan jogasse no ataque em busca do empate, a Lazio criava oportunidades melhores nos contragolpes. Immobile quase anotou por cobertura, mas a trave salvou Donnarumma. Já aos 42, veio a pá de cal dos laziali: em mais um ataque aberto, Immobile recebeu e mandou o chute no cantinho, para definir o placar. Franck Kessié ainda acertou o travessão com uma cabeçada nos acréscimos, o que não resolveria a vida dos milanistas. O alerta vermelho soa em Milão.

O Milan ocupa a quinta colocação da Serie A, com 66 pontos. Napoli e Juventus também têm 66 pontos, mas levam a melhor no empate triplo. Os napolitanos, aliás, venceram nesta segunda-feira. O time de Gennaro Gattuso visitou o Torino e definiu o triunfo por 2 a 0 com menos de 15 minutos. Tiemoué Bakayoko abriu o placar num chute de fora da área, enquanto Victor Osimhen ampliou num contra-ataque. O Napoli vem de duas vitórias consecutivas, após bater a própria Lazio na quinta passada. Com um jogo a menos, os laziali somam 61 pontos na sexta posição e representam uma ameaça para o Milan sequer ir à Liga Europa.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo