Serie A

Atalanta é uma grande chance para Guilherme Arana tentar retomar o seu bom futebol

A Atalanta anunciou a contratação de Guilherme Arana, lateral esquerdo brasileiro, por empréstimo até o fim da temporada. O jogador, de 22 anos, deixa o Sevilla depois de um ano e meio em que não conseguiu mostrar o talento que se viu no Brasil. Na Itália, o jogador tenta retomar o bom futebol que mostrou quando atuava pelo Corinthians. Uma oportunidade enorme em um time que surpreendeu na temporada passada e conquistou uma vaga à Champions League.

[foo_related_posts]

Guilherme Arana chegou ao Sevilla em janeiro de 2018, mas pouco conseguiu jogar pelo clube da Andaluzia. Foram apenas 10 jogos como titular, com 25 jogos no total, longe de ter continuidade e de mostrar bom futebol. A Atalanta é uma grande chance, porque o time dirigido pelo técnico Gian Piero Gasperini jogo um futebol ofensivo e com uma linha de três zagueiros e os alas atuando de forma importante pelo lado do campo.

O empréstimo custou, segundo o Transfermarkt, € 1 milhão ao time de Bergamo e a opção de compra ficou em um valor bem acessível: algo em torno de € 8 a 9 milhões, segundo o Football Italia. O Sevilla gastou € 12 milhões para tirá-lo do Corinthians em dezembro de 2017.

Havia a expectativa que Arana pudesse se tornar uma opção de futuro à lateral esquerda da seleção brasileira, depois de brilhar no país e mostrar enorme potencial. Só que as atuações no Sevilla, onde nunca conseguiu ganhar a posição, e as constantes especulações de uma volta ao Brasil fizeram com que o jogador perdesse espaço.

Na Atalanta, pode tentar retomar o futebol que tinha e jogou nas categorias de base da seleção sub-20, que defendeu em 2016, sob o comando do então técnico Carlos Amadeu. Jogou o Sul-Americana da categoria em 2017, mas o Brasil fracassou, terminando apenas no quinto lugar. Arana, porém, foi um dos que conseguiu brilhar no seu clube e acabou sendo crucial na conquista do Campeonato Brasileiro de 2017, do Corinthians.

Na estreia da Atalanta na Serie A, neste domingo, quem atuou aberto pelo lado esquerdo foi o alemão Robin Gosens, que é o titular da equipe nesta posição desde o ano passado. Com as exigências de um técnico criativo e que usa um sistema de marcação bastante diferente, que é individual, veremos como o brasileiro pode se encaixar.

Na Atalanta, Arana encontrará outros dois brasileiros: os zagueiros Rafael Tolói, ex-Goiás e São Paulo, que é um destaque do time; e Roger Ibañez, um jovem de 20 anos que começou a se destacar e já foi convocado para a seleção olímpica.

[produto_amazon1] [produto_amazon2]

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo