ItáliaSerie A

Após crise interna, Allegri admite volta do 4-2-3-1 no Milan

A mudança tática realizada por Massimiliano Allegri causou uma celeuma no Milan. O vice-presidente Adriano Galliani admitiu que repreendeu o técnico pela formação “com cinco meio-campistas defensivos”, após o empate por 2 a 2 contra o Palermo. Neste sábado, os rossoneri recebem o Chievo em San Siro e Allegri promete um sistema mais ofensivo para o jogo.

“Nós jogaremos em um sistema 4-2-3-1. Eu não gosto de mudar o sistema muitas fezes, mas fui forçado a fazer isso por causa dos jogadores a minha disposição. Não posso inventar posições e sou forçado a voltar”, declarou.

Allegri também destacou a boa forma de Stephan El Shaarawy, afirmando que o atacante é imprescindível ao time: “El Shaarawy está em boa forma. Ele é jovem e é um dos poucos que estão marcando gols. Tenho que jogar com ele”. O jogador de 20 anos marcou oito dos 14 gols do time na temporada.

O técnico ainda reiterou sua confiança na recuperação dos rossoneri na temporada: “Estou em total harmonia com o clube. Nós sairemos deste momento juntos. O Milan sempre me protegeu e nós estamos fazendo um trabalho de base que servirá para o futuro”. O clube ocupa a 12ª colocação na Serie A, com 11 pontos.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo