Serie A

A Lazio ofereceu uma das homenagens mais bonitas a Immobile, após se tornar o maior artilheiro da história do clube

Immobile recebeu placa, troféu e bandeirão da torcida após romper a marca que durou por quase 80 anos

Anotar 160 gols por um clube deveria ser motivo de orgulho para qualquer jogador. Ciro Immobile atingiu a marca em pouco mais de cinco anos com a Lazio e, de quebra, entrou para a história como maior artilheiro da agremiação em outros tempos. Ídolos como Giuseppe Signori e Giorgio Chinaglia tinham ficado para trás faz um tempo, até que o centroavante superasse Silvio Piola, lenda também da seleção italiana bicampeã do mundo e que se mantinha soberano no topo da lista desde os anos 1940. O feito de Immobile merecia amplo reconhecimento além da própria dimensão que o passado oferecia. E foi bonito de ver o tributo rendido pelo Estádio Olímpico neste sábado, antes do jogo contra a Juventus.

Lesionado, Immobile não participou da derrota por 2 a 0 – e fez falta ao time. Antes que a bola rolasse, porém, o Estádio Olímpico rendeu aplausos ao centroavante. Um bandeirão enorme surgiu com o rosto do italiano e ele não conteve as lágrimas. O clube ainda ofereceu uma placa comemorativa, com o número 160, em referência aos gols que valeram o recorde isolado – embora ele já esteja em 161 tentos. Até mesmo um troféu, com uma bola cristalina, foi produzido para condecorar Immobile. Provas concretas e sentimentais da importância que o artilheiro atinge dentro da história laziali.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo