Serie A

A Inter encorpa mais o seu elenco e anuncia a chegada de Mkhitaryan, ao final de seu contrato com a Roma

Mkhitaryan era dado como nome certo na Inter e, numa semana bastante movimentada do clube no mercado, acaba confirmado como reforço sem custos

A Internazionale faz uma janela de transferências com a adição de muitos nomes de peso nesta pré-temporada, e sem necessariamente gastar muito. Os nerazzurri aproveitam oportunidades e recheiam o seu elenco. Neste sábado, mais uma figurinha carimbada foi confirmada pelo clube: Henrikh Mkhitaryan, em contrato assinado por duas temporadas. O meia não tinha chegado a um novo acordo de renovação com a Roma e, livre no mercado, era dado como certo pelos interistas há algumas semanas. A confirmação da assinatura do armênio de 33 anos veio neste sábado, sem custos para o clube de Milão na transação.

A Internazionale é o oitavo clube da carreira de Mkhitaryan, um jogador bastante experimentado. Começou no Pyunik Yerevan e passou pelo Metalurg Donetsk, até estourar com a camisa do Shakhtar. O melhor momento de sua carreira, ainda assim, viria nas três temporadas em que defendeu o Borussia Dortmund. Não deu muito certo no Manchester United, como outros tantos na última década, e também esteve longe de repetir seu impacto no Arsenal. Até que a Roma providenciasse um ressurgimento da importância do meia.

Mkhitaryan passou três temporadas na Roma e teve bons momentos, se tornando um dos principais jogadores do time. Seu rendimento em 2020/21, sobretudo, seria ótimo. Contribuiu com 13 gols e 11 assistências pela Serie A. Já na temporada passada, sua influência na equipe de José Mourinho diminuiria. De qualquer forma, se manteve como uma figura frequente e participou ativamente da conquista da Conference League. Tinha sua marca entre os giallorossi, mas vontade de buscar mais.

A transferência para a Inter eleva as perspectivas de Mkhitaryan. O meia voltará a atuar na Champions League e estará num clube que permanece como um dos principais candidatos ao Scudetto. A princípio, não chega para ser titular na equipe de Simone Inzaghi. De qualquer maneira, é importante possuir um jogador com a experiência e com a criatividade do armênio dentro da rotação, mesmo que não seja um garoto. Pode atuar em diferentes posições e inclusive a ajudar a promover variações táticas. A ausência Hakan Çalhanoglu estará bem coberta, por exemplo.

Mkhitaryan é o quinto reforço da Internazionale, em semana bastante movimentada no noticiário do clube. Os nerazzurri tiveram como grande negócio o retorno de Romelu Lukaku por empréstimo. Também confirmaram o acerto com André Onana, outro que chega ao final de seu contrato. Enquanto isso, renovam as opções com o empréstimo do volante Kristjan Asllani, de 20 anos, trazido do Empoli. O único atleta comprado por um valor mais alto foi Joaquín Correa, que teve sua aquisição definitiva junto à Lazio. No geral, a janela fortalece os interistas, mesmo que Ivan Perisic tenha saído sem contrato para o Tottenham.

Aos 33 anos, Mkhitaryan deve ter um pouco mais de limitações, na reta final de sua carreira. Mas é um jogador técnico que oferece contribuições pontuais e pode ser bastante valioso na rotação do elenco. Acaba sendo um negócio vantajoso, especialmente por suas condições. E, para o armênio, a importância do próximo passo também é considerável. Suas chances de rechear o currículo e adicionar conquistas à sua estante são maiores, agora no San Siro.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo