Serie A

Lazio derruba invencibilidade de 41 jogos da Juventus e coroa seu ótimo início

Agosto de 2015: a Udinese faz 1 a 0, em Turim, e derrota a Juventus. Foi a última vez que a atual hexacampeão italiana perdeu como mandante pelo Campeonato Italiano até este sábado. Uma sequência de 41 partidas derrubada pela Lazio. Uma vitória por 2 a 1 que coroa um começo de temporada em quinta marcha.

LEIA MAIS: Ode à lenda: Nos 45 anos de Nedved, todos os gols do craque tcheco na Serie A

É a segunda vez que a Lazio vence a Juventus nesta temporada, depois do título da Supercopa Italiana, no começo de agosto. Aquela foi a primeira partida da equipe que, desde então, perdeu apenas uma vez, para o Napoli. Nos outros dez jogos, são nove vitórias e um empate, com direito a golear o Milan por 4 a 1.

Entre os bons jogadores da Lazio, destaca-se Ciro Immobile. O atacante italiano recuperou seu melhor futebol desde que chegou ao clube, ano passado. Marcou os dois gols da sua equipe contra a Juventus, chegando a 15 em 11 partidas. Somando a temporada passada, tem um total de 41 tentos em 52 aparições. Números monstruosos.

A primeira vitória da Lazio sobre a Juventus pela Serie A desde 2003, com 19 derrotas e seis empates no período, começou equilibrada. A dona da casa abriu o placar, depois que Strakosha rebateu um chute de Khedira. Douglas Costa pegou o rebote e marcou o gol, que precisou ser confirmado pelo árbitro de vídeo, pois a legalidade da sua posição era bastante incerta.

Houve boas oportunidades para ampliar nos pés de Higuaín, mas quem marcou foi a Lazio. Immobile demonstrou toda a sua confiança ao receber o passe de Luís Alberto, ao fim de boa trama ofensiva, e bater de primeira no cantinho de Buffon. Higuaín perdeu a chance de restaurar a vantagem da Juventus, e Immobile marcou novamente. Desta vez, foi lançado por Milinkovic-Savic e acabou sofrendo falta de Buffon. Cobrou o pênalti e virou o jogo.

A Juventus melhorou com a entrada de Dybala e começou a pressionar. O atacante argentino acertou a trave e, no outro lado, Buffon defendeu cara a cara com Caicedo. No último segundo, Patric fez falta em Bernardeschi, dentro da área. O árbitro não deu nada, mas foi avisado pelo VAR. Caminhou para a lateral do gramado, revisou as imagens e apontou para o cal. Dybala teve a chance de empatar, mas Strakosha assegurou a vitória. Este sábado era o dia da Lazio.

.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo