Itália

Sem sustos, Milan vence Cesena

O Milan tinha de vencer o Cesena para não permitir que a liderança do Campeonato Italiano ficasse a perigo. E a equipe cumpriu a tarefa com segurança. O time milanista venceu os Cavalos Marinhos por 2 a 0 e manteve a primeira posição da Série A, com 44 pontos, quatro à frente do Napoli.

Logo aos dois minutos, o Cesena começou assustando no San Siro. Pela esquerda da área, Dominique Malonga invadiu a grande área e arriscou chute cruzado, que Christian Abbiati defendeu, rebatendo.

Aos seis minutos, o Milan respondeu. De fora da área, Thiago Silva arriscou mandar a bola para o gol, mas seu chute saiu pela linha de fundo, à esquerda da meta.

E, aos 17, uma falha de um defensor rossonero quase deu o gol aos visitantes. Luca Antonini ia dominar a bola na defesa, mas falhou e permitiu que Ezequiel Schelotto passasse em sua frente. O meio-campista chegou à grande área e bateu à queima-roupa, mas Christian Abbiati defendeu. No rebote, Schelotto ainda tentou, mas a bola foi tirada da área.

Só então o Milan acordou. E começou a tentar o gol aos 27 minutos. Robinho chegou pelo meio com a bola dominada, livrou-se da marcação e chegou à entrada da área para chutar, mas bateu rasteiro, e Francesco Antonioli defendeu.

Aos 30, nova boa chance. Antonio Cassano lançou em profundidade para Zlatan Ibrahimovic. O sueco invadiu a área e tocou, mas Antonioli defendeu. Na sobra, Robinho dominou e arriscou o chute, mas a bola passou por cima do gol.

E, aos 33, em jogada confusa, o Milan quase chegou ao gol. Robinho tocou para Thiago Silva, na área. O zagueiro chutou cruzado, e, após bater em vários defensores, a bola ficou com Antonini, que também bateu na diagonal, mandando para fora.

Até que, aos 45, num lance de sorte, o time da casa pôde celebrar o gol. Um lançamento foi feito para a área tentando alcançar Ibrahimovic, mas o defensor Maximiliano Pellegrino, que chegou à frente do atacante, acabou tocando e mandando a bola para o gol de Antonioli, cometendo gol contra.

No início do segundo tempo, o time de Massimiliano Allegri continuou em busca do gol. Aos nove minutos, Ibrahimovic ajeitou a bola na pequena área, mas foi desarmado. Porém, a sobra ficou com Massimo Ambrosini, que arriscou, mandando por cima. E, aos 11, em cobrança de falta, o sueco mandou a bola para o gol, e Antonioli espalmou, mandando para escanteio.

O Milan, no entanto, só voltaria a atacar aos 32 minutos. Ibrahimovic fez passe em profundidade para Robinho. O camisa 70 chegou livre da marcação, na área, e tocou, mas Antonioli rebateu e impediu o segundo gol.

Nos acréscimos, aos 47, Robinho recebeu bola pela esquerda, entrou na área, driblou Antonioli e tocou para o gol. Ela bateu na trave e saiu pela linha de fundo. Mas pouco haveria para se lamentar: aos 48, o atacante brasileiro deixou Ibrahimovic livre na área, pela esquerda, e o camisa 11 bateu cruzado, para fazer 2 a 0 e confirmar a vitória segura do Milan.
 

Confira todos os jogos da 21ª rodada da Serie A:

Sábado, 22/janeiro
Parma 2×0 Catania
Palermo 1×0 Brescia
Roma 3×0 Cagliari

Domingo, 23/janeiro
Udinese 3×1 Internazionale
Sampdoria 0x0 Juventus
Bari 0x2 Napoli
Chievo 0x0 Genoa
Bologna 3×1 Lazio
Fiorentina 1×1 Lecce
Milan 2×0 Cesena

Confira resultados e classificação do Campeonato italiano.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo