Itália

Ronaldo, enfim, acerta com Milan

Ronaldo tornou-se nesta terça-feira o mais novo reforço do Milan. Após uma longa negociação entre o Real Madrid e o clube rossonero, os dois clubes finalmente entraram em acordo sobre os detalhes da transferência. Para ficar com o ‘Fenômeno’, que assinou contrato até junho de 2008 e usará a camisa 99, o clube italiano pagará chr(128) 7,5 milhões e também deve emprestar Ricardo Oliveira ao time merengue até o final desta temporada.

Nesta mesma tarde, Ronaldo viajará a Milão. Na última sexta-feira, o atacante realizou exames médicos nos rossoneri. Em um primeiro momento, era esperado que o acordo entre os dois clubes fosse firmado nesta segunda-feira, mas houve discordância quanto aos valores e à forma de pagamento.

De acordo com Adriano Galliani, vice-presidente do Milan, o clube pagará a quantia em duas parcelas. Caso os rossoneri se classifiquem para a fase de grupos da próxima edição da Liga dos Campeões, a equipe dará mais 500 mil euros.

A situação de Ronaldo no Real Madrid piorou desde a chegada de Fabio Capello, pouco antes do início desta temporada. O treinador criticou a forma física de Ronaldo, um problema também vivido pelo atacante durante a Copa do Mundo. O brasileiro, de 30 anos, teve poucas chances no time merengue desde então.

A saída de Ronaldo se tornou iminente quando Capello afirmou que o jogador não fazia mais parte dos seus planos. Nas últimas semanas, o Milan tentava acertar a contratação do ´Fenômeno´. Primeiramente, o clube rossonero tentou contratá-lo sem custos; depois, propôs um valor inferior ao pedido pelo Real Madrid (estimado em 8 milhões de euros). Antes, o Al Ittihad, da Arábia Saudita, fez uma oferta de 20 milhões de euros para contar com ele. Havia boatos de que um clube norte-americano também estaria interessado.

Ronaldo retorna ao futebol italiano após uma passagem pela Internazionale entre 1997 e 2002. Os nerazzurri o haviam contratado do Barcelona por 30,5 milhões de euros. Ele marcou 49 gols em 68 partidas pela Inter na Série A, mas sua passagem pelo clube também ficou marcada pelos desentendimentos com o técnico Héctor Cúper e pelas graves lesões no joelho.

O Real Madrid o contratou por 45 milhões de euros, logo depois que Ronaldo ajudou o Brasil a conquistar a Copa de 2002. Ele foi o artilheiro do torneio, com oito gols. Pelo time merengue, marcou 82 gols em 127 partidas pelo Campeonato Espanhol. O ´Fenômeno´ foi eleito três vezes pela Fifa como o melhor jogador do mundo (1996, 1997 e 2002).

Com a provável saída de Ricardo Oliveira, o Milan enfrenta um problema para os jogos da Liga dos Campeões. Como Ronaldo já atuou pelo Real Madrid no torneio, não poderá defender os rossoneri na LC. A equipe italiana tem inscritos apenas Alberto Gilardino e Filippo Inzaghi, e por isso corre atrás de outro nome para o setor.

De acordo com o diário La Gazzetta dello Sport, Andrea Caraciollo, do Palermo, e Valeri Bojinov, da Juventus, são os principais alvos. Ronaldo tornou-se o quarto jogador contratado pelo Milan em janeiro. Antes dele, haviam chegado os defensores Oddo e Grimi, além do goleiro Storari.

*Foto: Agência CBF

Leia também a coluna Fuoriclasse, de Cassiano Ricardo Gobbet, sobre as perspectivas da chegada de Ronaldo ao Milan.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo