Itália

Presidente da Inter minimiza recurso da Juve no “Calciopoli”

O presidente da Internazionale, Massimo Moratti, minimizou o fato de a Juventus ter entrado com recurso para tentar reaver os dois títulos perdidos no escândalo de manipulação de resultados chamado “Calciopoli” – um deles foi herdado pelos nerazzurri.

A FIGC, a federação italiana de futebol, está investigando o caso em um novo julgamento e o presidente da Juve, Andrea Agnelli, está acompanhando de perto, em Nápoles.

“Eu vi todo mundo muito feliz depois da reunião [entre Giancarlo Abete, presidente da FIGC, e Agnelli]. Isso significa que ambos têm uma linha comum”, afirmou o dirigente à Sky Sports Italia.

“Eu, contudo, não tenho necessidade de ver Abete. O scudetto foi revogado de forma correta e essa é uma consequência normal. Eu continuo com minhas ideias, mas não porque eu sou um torcedor da Inter”, completou Moratti.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo