Itália

Pelo menos, o árbitro italiano tem uma desculpa para ter expulsado o jogador errado

O árbitro Andre Marriner (foto) expulsou Kieran Gibbs, do Arsenal, por causa de uma infração de Alex Oxlade Chamberlain e virou piada na Inglaterra – o que não vira piada na Inglaterra? Na nona divisão italiana, houve uma situação parecida, mas o senhor Cirillo, de Terni, a cerca de 100 quilômetros ao norte de Roma, tem uma boa desculpa para o seu erro: Michele e Matteo Rossi são irmãos gêmeos.

Não que isso seja novidade. Em 2009, na FA Cup, o brasileiro Fábio recebeu cartão amarelo por falta cometida por Rafael. No caso do senhor Cirillo, Michele, do Castello, foi expulso depois de uma entrada um pouco mais dura de Matteo contra o Alviano. Houve uma confusão depois do lance, e o coitado do árbitro não conseguiu acompanhar quem era quem, como naquele jogo de rua em que você tem que adivinhar qual das três cartas é a Rainha de Copas.

“O árbitro, puramente por um erro, no 27º minuto do segundo tempo, expulsou o número 7 do SSD Castello, Michele Rossi, ao invés do número 9, Matteo Rossi. Foi um erro que sem dúvida impactou o jogo e, portanto, a partida tem que ser jogada novamente”, disse o juiz esportivo da liga regional de Umbria, Marco Brusco. Com gol de Matteo, o duelo havia terminado 2 a 2.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.
Botão Voltar ao topo