Itália

Para diretor do Milan, liga italiana pode virar segundo escalão

A Serie A pode se tornar uma liga de segundo escalão na Europa. Essas é a impressão do diretor do Milan, Umberto Baldini, que vê a queda da Serie A frente a outras do continente.

A análise do dirigente vem em função do desempenho ruim dos times italianos em competições europeias, que fez o país perder uma vaga para a Liga dos Campeões.

“O futebol italiano tem um grande problema”, afirmou. “Há confusão entre os torcedores sobre ir aos jogos e mais e mais jogos passaram a ser assistidas na televisão”, disse ele.

“Talvez a Itália tenha que mudar seu papel e se tornar uma liga de segundo escalão ao invés de uma das três melhores da Europa”, analisou Gandini, também vice-presidente da Associação Europeia de Clubes.

Mesmo em crise, as receitas de TV devem aumentar em 20% dado um acordo coletivo feito pelos clubes. O valor chegará a € 1 bilhão, mas os estádios com apenas metade da capacidade ocupada são atualmente um cenário comum no país.

A média de pública na temproada passada foi de 24.603 torcedores, menos do que a Alemanha (42.441), Inglaterra (34.150) e Espanha (27.699).

“Nós temos boas, embora não excepcionais, receitas comerciais, mas receitas muito baixas de bilheteria, concessões, merchandising. Há uma grande diferença entre Itália e especialmente Inglaterra e Espanha”, afirmou ainda Gandini.

No relatório da Delloite, que mapeia os clubes de maior receita na Europa, o Milan – o que mais lucra na Itália – ficou apenas em oitavo lugar. Em 2005, Milan, internazionale e Juventus estavam entre os sete primeiros.

O desempenho em campo também caiu. Em 2003, três semifinalistas eram italianos. O Milan eliminou a Inter e fez a final contra a Juventus e acabou campeão. Nesta temporada, apenas a Inter chegou ás quartas de final.

Na Liga Europa, o Napoli acabou eliminado na segunda fase do torneio, enquanto o Palermo sequer passou da fase de grupos. As razões são, provavelmente, porque nossos clubes não têm um elenco vasto o suficiente para jogar duas competições paralelas”, explicou o dirigente.

“A habilidade para investir é a chabce para trazer os melhores jogadores. Nós tivemos os melhores jogadores na Itália no início da década de 1990, mas então eles passaram a ir para a Espanha”, disse ainda Gandini.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo