Copa da ItáliaItália

Não contente em marcar de letra aos 19 segundos, Schick ainda deu uma assistência de letra

A Roma entrou em campo pelas oitavas de final da Copa da Itália com total favoritismo sobre a Virtus Entella, da terceira divisão. De fato, os giallorossi não tiveram problemas para golear os adversários no Estádio Olímpico, garantindo a vitória por 4 a 0. E o destaque da noite foi Patrick Schick – mais especificamente, uma das habilidades do centroavante. Autor de dois gols e uma assistência, ele abusou dos toques de letra. Anotou um tento assim e ainda deu um passe cheio de marra para ampliar a diferença.

A primeira letra de Schick, além do mais, aconteceu com míseros 19 segundos. Cengiz Ünder fez ótima jogada pela direita e o tcheco desviou para as redes. Já o segundo gol veio nos acréscimos do segundo tempo. Em bola que pipocou na área, o toque de letra do centroavante deixou Ivan Marcano em boas condições para marcar. Aos dois minutos do segundo tempo, mais um de Schick, arrematando cruzado o passe de Justin Kluivert. E o holandês daria mais uma assistência, em tabela com Javier Pastore, que se encarregou de fechar o placar.

Apesar da sequência ruim a partir do fim de novembro, a Roma emenda a terceira vitória consecutiva, aliviando um pouco a barra de Eusebio Di Francesco. Nas quartas de final da Copa da Itália, o time encara a Fiorentina. Já no sábado, o retorno às atividades pela Serie A acontece enfrentando o Torino na capital.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo