ItáliaSerie A

Na gangorra do Italiano, a Juventus sobe na abertura da rodada

Há algum tempo, Napoli e Juventus sabem: separados por um ponto no Campeonato Italiano (com vantagem dos Partenopei), precisam ganhar suas partidas para evitar que o outro os supere. Neste sábado de abertura da 22ª rodada da Serie A, a Juve fez a sua parte. Até demorou para fazê-la, já que foi superior ao Chievo por todo o jogo, mas conseguiu enfim a vitória por 2 a 0 que a faz passar a madrugada como líder do campeonato.

Mesmo fora de casa, o time bianconero criou bem mais chances – começando aos 11 minutos do primeiro tempo: Sami Khedira cruzou da direita, a bola passou por Gonzalo Higuaín, mas não por Mario Mandzukic. O que não quer dizer que o croata tenha acertado: sem esperar a bola, ela bateu nele, e foi para fora. Depois, aos 20, coube a Miralem Pjanic tentar chute de longe, mas o goleiro Stefano Sorrentino agarrou. A situação dos visitantes em Verona ficou ainda mais fácil aos 37 minutos: somente dois minutos após levar o primeiro cartão amarelo, Samuel Bastien já levou o segundo, ao agarrar Kwadwo Asamoah pela camisa, sendo expulso e deixando o Chievo com dez jogadores.

No segundo tempo, a Juventus tentou aproveitar sua superioridade: já aos dois minutos, Miralem Pjanic lançou em profundidade, e Higuaín teve a chance, mas foi impedido por Dario Dainelli. Aos nove, Higuain deixou a bola a Douglas Costa. Na esquerda, o brasileiro driblou e mandou a bola rasteira para Mandzukic, que completou à queima-roupa para grande defesa de Sorrentino.

Se a troca de passes não resolvia, um chute de longe encaminhou a vitória alvinegra no estádio Marc’Antonio Bentegodi. Aos 22, Federico Bernadeschi cruzou, e Khedira já arrematou da primeira trave para o 1 a 0. Vantagem conseguida, a Juve não só ficou sem problemas, como ainda ampliou para 2 a 0 aos 43, quando Douglas Costa cruzou da direita para Higuain conferir de cabeça. Agora, só resta ao time de Turim esperar o Napoli enfrentar o Bologna, neste domingo.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo