Itália

Milan reclama de suposta 'caça a Kaká'

O Milan divulgou um comunicado oficial nesta terça-feira no qual condena uma suposta ‘caça a Kaká’. Os rossoneri alegam que o meia tem sido vítima de faltas voluntárias e cometidas de forma ‘organizada’ pelos adversários.

“O que chama a atenção, no campeonato italiano, não é somente a forma sistemática das faltas sobre Kaká, mas seu lado científico. Nunca um mesmo jogador comete duas faltas seguidas nele. Há uma alternância entre um e outro atleta, como se fosse uma estratégia planejada. E, evidentemente, os árbitros nada vêem”, acusa o clube na nota.

O Milan tirou suas conclusões ao observar especialmente as duas últimas partidas do clube na Série A, contra Parma e Palermo. No confronto contra os rosaneri, o camisa 22 deixou o campo no intervalo, após sentir dores no joelho esquerdo. Devido à contusão, Kaká está fora dos duelos contra Catania e Lazio, mas ainda segue como dúvida para o jogo contra o Arsenal pela Liga dos Campeões.

“A forma como Kaká vem sendo tratado é parecida com a estratégia de faltas sucessivas que acabou minando o físico e a resistência de Marco Van Basten. O ídolo holandês disputou sua última partida de alto nível em novembro de 1992, aos 28 anos. Agora já chega! Essa situação não vai se repetir com Kaká!”, concluiu o clube.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo