Itália

Mancini rebate críticas de Moratti sobre dérbi

O técnico da Internazionale, Roberto Mancini, respondeu às críticas do presidente Massimo Moratti sobre a postura da equipe na derrota por 2 a 1 para o Milan, no dérbi do último domingo pelo Campeonato Italiano. Uma vitória teria garantido por antecipação o 'scudetto' para a Inter, e Moratti considerou a equipe cautelosa demais em campo.

“Não existe falar de falta de coragem, porque nós nunca jogamos para empatar, nem no dérbi e nem nas outras partidas”, defendeu-se o treinador em entrevista coletiva nesta terça-feira. “Cada um pode ver como quiser. Quando se perde, sempre se busca um culpado, que normalmente é o técnico. Se Moratti viu assim, ele é livre para fazê-lo, mas não concordo”.

O futuro de Mancini na Inter é incerto desde a eliminação diante do Liverpool nas oitavas-de-final da Liga dos Campeões, em março. O técnico chegou a anunciar que sairia no final da temporada, mas voltou atrás no dia seguinte e afirmou que cumpriria seu contrato. Apesar da suposta mudança de planos de Mancini, o nome de José Mourinho continua sendo fortemente especulado.

“Tenho um contrato com a Inter para os próximos três anos, ponto final. Vocês (jornalistas) me fazem sempre a mesma pergunta. No ano passado era possível, porque não havia o contrato, mas este anos há e é de três anos”, concluiu.

A Inter terá outra chance de assegurar o título no próximo domingo, quando recebe o Siena em San Siro. Antes, nesta quarta, os 'nerazzurri' vão a Roma para decidir contra a Lazio uma vaga na final da Copa da Itália. No jogo de ida, em Milão, houve empate por 0 a 0.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo