Itália

Maldini é derrotado em 42 minutos na sua estreia no tênis profissional

Aos 49 anos, completados na última segunda-feira, Paolo Maldini decidiu começar uma nova carreira no esporte. Nesta terça-feira, o ex-jogador italiano fez a sua primeira partida no circuito profissional de tênis e foi rapidamente derrotado, por 6/1 e 6/1, nas oitavas de final do Aspira Tennis Cup, em Milão. O torneio faz parte do circuito de Challengers, um nível abaixo dos campeonatos da ATP, o primeiro nível do tênis mundial.

LEIA MAIS: O adeus de Cesare Maldini, o capitão que levou o Milan ao topo da Europa e deixou enorme legado

Maldini atuou ao lado do compatriota Stefano Landonio, 46 anos, que também é seu treinador. O melhor ranking da carreira de Landonio foi 975 do mundo, em simples, em junho de 1996. A dupla ganhou um convite para disputar o Challenger de Milão, depois de vencer um classificatório, mas dificilmente faria jogo duro contra uma dupla mais experiente e acostumada ao circuito, como a formada pelo polonês Tomasz Bednarek e o holandês David Pel.

maldini 07

Bednarek tem 35 anos e está atualmente ranqueado na 195ª posição no circuito de duplas. Em seu melhor momento, foi o 44º do mundo, três anos atrás. Fez quatro finais na carreira. David Pel, 25 anos, é o 208º do ranking de duplas e nunca disputou um troféu na carreira. Os dois fecharam a conta contra os italianos em 42 minutos, perdendo apenas dois games.

Com uma camiseta laranja chocante e um golpe de esquerda com uma única mão – a maioria dos atletas usam as duas -, Maldini teve bons momentos. Em seu primeiro ponto, acertou um difícil lob no fundo da quadra. Sacando 0/3, no primeiro set, matou o ponto com uma linda paralela para fazer 15 a 0.

Claro que o tênis não passa de um hobby para Maldini, que não tem nenhuma pretensão de vencer Wimbledon, mas, segundo seu treinador, ele poderia ter se tornado um bom tenista se tivesse entrado na brincadeira mais cedo. “Ele tem um bom serviço e alguns bons golpes”, afirmou Landonio, segundo a Sky Sports. “Ele está melhorando seus voleios e, embora nenhuma parte do seu jogo se destaque particularmente, ele não tem nenhuma grande fraqueza. Como ele começou a jogar há apenas cinco ou seis anos, há algumas deficiências em termos de técnica. Se ele tivesse começado a trabalhar antes, quem sabe (o que aconteceria)?”.

Por ter sido atleta, a força mental de Maldini, importantíssima para o tênis, chamou a atenção de Landonio. “Certamente, por causa de seu histórico, ele tem uma extraordinária força física e mental. Psicologicamente, ele nunca sofre em situações delicadas. Ele é muito forte”, disse.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo