Itália

Jogos Olímpicos: Empate satisfaz Itália e Camarões

Com um ‘empate conveniente’ por 0 a 0 nesta quarta-feira, Itália e Camarões garantiram suas classificações para as quartas-de-final do torneio olímpico. A seleção africana encara o Brasil na próxima fase. A Argentina manteve os 100% de aproveitamento ao bater a Sérvia por 2 a 0. Nigéria e Costa do Marfim também avançaram e agora se enfrentam.

Em jogo morno, Itália e Camarões empataram sem gols em Tianjin e se classificaram no grupo D. No primeiro tempo, Salvatore Bocchetti colocou a mão na bola dentro da área. Aurélien Chedjou cobrou o pênalti, mas o goleiro italiano Emiliano Viviano defendeu. Georges Mandjeck deixou os camaroneses com um a menos desde os 32, ao ser expulso por falta violenta em Nocerino.

De nada adiantou a vitória por 1 a 0 da Coréia do Sul sobre Honduras, pois a seleção asiática foi eliminada. A Itália ficou na liderança do grupo com sete pontos; Camarões, vice-líder com cinco, será o adversário do Brasil nas quartas-de-final. Os Leões Indomáveis eliminaram a Seleção do torneio olímpico em 2000, em Sidney. Coréia do Sul (quatro) e Honduras (zero) se despediram da competição.

No grupo A, a Argentina derrotou a Sérvia por 2 a 0 e conquistou sua terceira vitória na competição. No primeiro tempo, Lavezzi, em cobrança de pênalti, marcou aos 13 minutos. Os sul-americanos ampliaram na segunda etapa, também em lance de bola parada. Aos 39 minutos, Buonanotte ampliou em uma falta batida no canto esquerdo

Com um gol da Kalou a nove minutos do final, a Costa do Marfim venceu a Austrália por 1 a 0 e terminaram em segundo lugar na chave com seis pontos. Australianos e sérvios terminaram com apenas um.

Contra o já eliminado Japão, a Holanda precisava vencer para obter sua classificação no grupo B. A Oranje derrotou os rivais por 1 a 0 e avançou na competição. O gol saiu no segundo tempo: aos 29 minutos, Honda derrubou Babel dentro da área. Sibon cobrou e converteu a penalidade.

No outro jogo da chave, a Nigéria eliminou os Estados Unidos com um triunfo por 2 a 1. Logo aos quatro minutos, Michael Orozco foi expulso por dar uma cotovelada e deixou os EUA com um a menos em campo. Aos 39, a Nigéria saiu na frente com Promise Isaac, após jogada de Chinedu Obasi pela esquerda. No segundo tempo, Obinna ampliou aos 34 minutos após passar por dois marcadores. Os norte-americanos diminuíram aos 43 com Sacha Kljestan, de pênalti. A Nigéria ficou em primeiro no grupo com sete pontos, seguida por Holanda (cinco) e os eliminados Estados Unidos (quatro) e Japão (zero).

A Bélgica ganhou da Nova Zelândia por 1 a 0 e ficou em segundo lugar no grupo C com seis pontos, três a menos que o Brasil. Chineses e neozelandeses terminaram com apenas um ponto ganho.

Leia também:
Brasil vence e pega Camarões nas Olimpíadas

Veja os resultados da terceira rodada da fase de grupos do torneio olímpico:

Grupo A
Argentina 2×0 Sérvia
Costa do Marfim 1×0 Austrália

Grupo B
Holanda 1×0 Japão
Nigéria 2×1 Estados Unidos

Grupo C
China 0x3 Brasil
Nova Zelândia 0x1 Bélgica

Grupo D
Camarões 0x0 Itália
Coréia do Sul 1×0 Honduras

Confira quais serão os confrontos das quartas-de-final:

Sábado, 16/agosto
Argentina x Holanda
Brasil x Camarões
Nigéria x Costa do Marfim
Itália x Bélgica 

A Trivela.com decidiu publicar este conteúdo sobre o torneio olímpico de futebol porque entende que seus leitores não podem ser privados de informações sobre uma competição importante. Contudo, a Trivela condena categoricamente o regime chinês e entende que é um absurdo o Comitê Olímpico Internacional se curvar à pressão econômica de uma ditadura que não respeita os direitos humanos, liberdade de imprensa e meio-ambiente. Saiba mais sobre os crimes cometidos visitando os sites dos Repórteres sem Fronteiras e da Anistia Internacional.
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo