Itália

Itália quer cancelar amistoso pelo caso Cesare Battisti

A secretaria italiana de relações exteriores solicitou o cancelamento do amistoso entre Brasil e Itália, marcado para o dia 10 de fevereiro em Londres, alegando que o Brasil não quer extraditar o terrorista Cesare Battisti.

O italiano é acusado pelo seu governo de terrorismo e foi condenado a quatro sentenças de prisão perpétua. No entanto, ele está protegido no Brasil sob asilo político, segundo decisão do juiz do caso na segunda-feira.

O governo italiano irritou-se com o Brasil e ameaça boicotar o jogo das seleções. O secretário de relações exteriores Aldredo Mantica fez o pedido para o cancelamento e levará a demanda para a Federação Italiana de Futebol.

“Nessa altura, acho que devemos considerar seriamente cancelar o amistoso entre Itália e Brasil em Londres”, disse Mantica ao La Repubblica. “Mantendo a partida, dada as circunstâncias entre os países, arriscaríamos transformar um evento esportivo em um escândalo político. O Brasil continua pondo a democracia italiana em questão. É uma situação grave”.

“Battisti é um terrorista e não merece ser reconhecido como um refugiado político”, continuou. “Não podemos aceitar lições do governo brasileiro”.

O cancelamento do evento teria enormes conseqüências para todos os envolvidos. Os ingressos para a partida no estádio Emirates já estão quase esgotados e o técnico Dunga já escalou o elenco que participará do jogo.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo