Itália

Itália libera contratação de segundo extra-comunitário

A Federezione Italiana de Gioco Calcio (FIGC) liberou a contratação de um segundo jogador extra-comunitário por temporada nesta terça-feira, com o objetivo de aumentar a competitividade da Serie A.

A decisão foi tomada pelo conselho federal da FIGC e o objetivo é devolver força ao Campeonato Italiano. A Itália perdeu uma das vagas para a Liga dos Campeões para a Alemanha pelo desempenho recentes dos clubes nas competições europeias.

“Decidimos por unanimidade para resolver um problema estratégico para o futebol italiano. É um padrão alinhado com 2009 e 2010, mas com alguns ajustes”, afirmou Giancarlo Abete, presidente da FIGC.

“Queríamos evitar que os jovens que se tornam profissionais fossem substituídos por um imigrante extra-comunitário. É uma garantia. Estvávamos dentro das cotas estabelecidas para os não membros da União Europeia”, afirmou.

O presidente da Lega Calcio, Maurizio Baretta, que administra a Serie A, disse que a medida pode devolver competitividade à liga. “Creio que é uma coisa importante para recuperar a competitividade da Serie A”, afirmou.

Com isso, clubes como o Milan poderão contratar mais um jogador extra-comunitário, já que os rossoneri já levaram o nigeriano Taye Taiwo. Paulo Henrique Ganso, por exemplo, é especulado.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo