Itália

Inzaghi critica Donadoni por ficar de fora da Azzurra

Deixado de lado na lista de pré-convocados da seleção italiana para a disputa da Eurocopa, Filippo Inzaghi mostrou seu descontentamento com a opção do treinador Roberto Donadoni. O atacante do Milan se disse ‘decepcionado’.

“Estou decepcionado, sobretudo em nível humano. No começo, havia um relacionamento positivo, franco e direto com o treinador. Pensava ter demonstrado minha lealdade, seja participando de jogos sem entrar em campo, ou marcando gols como contra Ilhas Faroe [vitória por 2 a 1], em jogo de eliminatórias [da Eurocopa] que valia três pontos como os outros”, afirmou, em comunicado publicado no site oficial do Milan.

Inzaghi, de 34 anos, foi convocado 57 vezes para a Squadra Azzurra e marcou 25 gols pela equipe. Ele criticou a postura adotada por Donadoni. “Depois disso, houve o silêncio, apesar das minhas atuações com o Milan em todos os continentes e os 18 gols marcados tanto no período de inverno como em abril/maio. Bastou me machucar para nem mesmo merecer uma ligação, para apagar uma relação que acreditava ser adulta e madura. Isto me decepciona por ser esquecido” completou.

Donadoni chamou Luca Toni, Marco Borriello, Alessandro Del Piero, Antonio Di Natale, Fabio Quagliarella e Antonio Cassano para formar o setor ofensivo da seleção. “Para Inzaghi, a idade não foi levada em conta. Trata-se de uma escolha técnica”, justificou.
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo