ItáliaPremier League

Insatisfeito com situação no Chelsea, Lukaku se arrepende de como deixou a Inter e quer voltar um dia

Titular apenas uma vez desde meados de outubro na Premier League, o atacante de 28 anos pediu desculpas à torcida da Internazionale

Romelu Lukaku se arrepende da maneira como deixou a Internazionale e diz que espera do fundo do coração conseguir retornar, “em um nível ainda bom o suficiente para mais conquistas”, ao mesmo tempo em que expressou insatisfação pelo seu momento atual no Chelsea, em que não tem sido titular com frequência no time de Thomas Tuchel.

Em meio a uma readequação econômica da Internazionale após conquistar seu primeiro scudetto em 11 anos, Lukaku pediu para sair ao Chelsea, clube no qual sempre sonhou em atuar para seguir os passos do seu ídolo Didier Drogba. Embora tenha começado com tudo, torceu o tornozelo em outubro e testou positivo para Covid-19 em dezembro.

Perdeu seis jogos do Chelsea pelo Campeonato Inglês e, nos outros seis em que entrou em campo, foi titular apenas uma vez, na última quarta-feira, no empate por 1 a 1 com o Brighton, quando anotou o único gol do Chelsea e marcou pela segunda rodada seguida. Ele afirma que fisicamente está bem, mas que o técnico Tuchel decidiu usar um outro sistema – sem centroavante.

“Fisicamente, estou ainda melhor do que antes. Depois de dois anos na Itália, nos quais trabalhei muito na Inter com treinadores e nutricionistas, estou bem fisicamente. Mas não estou feliz com a situação, isso é normal. Acho que o treinador optou por jogar com outro sistema. Tenho que não desistir e continuar a trabalhar e ser profissional. Não estou feliz com a situação, mas sou um trabalhador e não devo desistir”, afirmou à Sky Sports, em entrevista que irá ao ar na íntegra na véspera de Ano Novo.

Por coincidência ou não, Lukaku aproveitou a conversa para enviar uma mensagem de arrependimento à torcida da Internazionale. Alguns integrantes ficaram incomodados com a maneira como o belga abandonou o barco simultaneamente à saída de Antonio Conte e entre problemas financeiros.

“Tudo que aconteceu não era para acontecer assim. Como saí da Inter, como me comuniquei com a torcida. Isso me incomoda. Acho que é justo falar agora porque sempre disse que tenho a Inter no coração. Voltarei a jogar lá, espero muito que sim. Estou apaixonado pela Itália. Esta é a hora certa de falar e deixar as pessoas saberem do que realmente aconteceu”, disse.

“Em primeiro lugar, gostaria de pedir desculpas aos torcedores da Inter porque acho que a forma como saí deveria ter sido diferente. Tive que falar vocês primeiro porque as coisas que vocês fizeram por mim, pela minha família, pela minha mãe, pelo meu filho, são coisas que permanecem para o resto da minha vida. Eu realmente espero do fundo do meu coração voltar à Inter. Não no final da minha carreira, mas em um nível ainda bom para ter esperança de ser campeão mais vezes”, disse.

Contratado do Manchester United, Lukaku fez 64 gols em 95 partidas pela Internazionale.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo