Itália

Iaquinta será julgado por ligações com o grupo mafioso mais poderoso da Itália

A ‘Ndrangheta, um grupo mafioso da Calábria, no sul da Itália, controla grande parte do tráfico de cocaína no mundo e é a mais poderosa organização criminosa do país. Nesta terça-feira, uma corte de Bologna ordenou que 140 pessoas enfrentassem julgamento por associações com a máfia, e entre elas, está o ex-atacante Vincenzo Iaquinta.

LEIA MAIS: Lorenzo Buffon, o antepassado que iniciou uma dinastia de goleiros na Azzurra e em Milão

O ex-jogador da Juventus e Udinese está sendo acusado de porte ilegal de armas e de ter auxiliado a ‘Ndrangheta a se fortalecer no norte da Itália, região aonde ela não tinha tanta penetração. O pai de Iaquinta, Giuseppe, também está entre os acusados de terem ligações com a máfia.

De acordo com a juíza Francesca Zavaglia, os julgamentos serão realizados em 23 de março. Outras 71 pessoas apresentarão seus casos à Justiça em um processo acelerado em 11 de janeiro. Mais de 240 suspeitos foram investigados por terem supostamente ajudado a ‘Ndrangheta a lucrar ilegalmente com a reconstrução da Emilia Romagna, em 2012, depois de dois fortes terremotos.

Iaquinta foi campeão mundial pela Itália, na Copa do Mundo de 2006, e passou a maior parte da sua carreira na Udinese, antes de conseguir uma boa transferência para a Juventus, que estava se reconstruindo depois do rebaixamento.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo