Itália

Ex-jogador do Cagliari revela como manipulou jogo na Itália

A Itália é famosa no futebol por seus diversos escândalos de manipulação de resultados. Nesta semana todo esse problema de credibilidade foi confirmado através do relato de um ex-jogador da Serie A.

O meia uruguaio Fabian O´Neill, formado no Nacional e com passagens pelo Cagliari e pela Juventus, revelou nesta semana ao site Futbol.com.uy que participou de pelo menos dois jogos manipulados em seu tempo no campeonato italiano.

Os relatos são tão completos que é possível se ter uma boa noção de como os times negociam o acerto dos resultados.

O´Neill, na época vinculado ao Cagliari, conta que num desses jogos, o acordo quase foi para o beleléu com um gol sem querer de um companheiro, mas que no fim o goleiro do Cagliari garantiu o bicho. “Em 1998, contra o Chievo, as duas equipes brigavam contra o rebaixamento e na última rodada, um empate seria suficiente para livrar a cara de ambos. Então pagamos € 60 mil cada um e conversei com o capitão deles para também apostar num resultado igual. O placar estava 1 a 1 quando um dos nossos jogadores marcou um golaço com um chute de muito longe. Não era para aquilo ter acontecido, então gritei ao meu goleiro para que ele levasse um gol, caso contrário o pessoal do Chievo nos mataria. Por sorte, ele perdeu a bola na saída e conseguiram empatar”, confessa o uruguaio.

Isso prova de uma vez por todas que é quase natural este tipo de armação e que acidentes também podem acontecer, mesmo que o resultado já esteja certo antes do apito inicial. O´Neill ainda admitiu ter participado de outro arranjo quando jogava pelo Perugia. Na ocasião, apenas contatou o capitão adversário (o time não foi revelado) para combinar o placar.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo