Itália

Em jogo tenso, Inter supera Napoli nos pênaltis

O sonho do segundo título consecutivo da Copa da Itália continuou, a duras penas, para a Internazionale. Nesta quarta, a equipe de Leonardo empatou por 0 a 0 com o Napoli no tempo normal e na prorrogação, pelas quartas de final da competição, mas venceu a disputa de chutes da marca do pênalti, fazendo 5 a 4 e avançando às semifinais.

A Internazionale só começou a trazer algum perigo ao gol dos Partenopei aos 17 minutos do primeiro tempo. Após disputa de bola na área, a sobra ficou com Dejan Stankovic. De primeira, o meio-campista arriscou chute forte, mandando a bola por cima do gol defendido por Morgan de Sanctis.

Depois, somente no final do primeiro tempo haveria novas chances de gol. E a Inter voltou a atacar com Stankovic. Aos 36, o sérvio pegou a bola, veio pela esquerda e arriscou o chute de média distância. A bola resvalou em Michele Pazienza, mas chegou sem problemas para a defesa de De Sanctis.

Então, a partida começou a mostrar mais alternância nos lances de ataque. Aos 38 minutos, o Napoli chegou pela primeira vez – já tivera um gol anulado. Em rápido contra-ataque, Edinson Cavani lançou Ezequiel Lavezzi. Pela esquerda, o argentino driblou Christian Chivu e arriscou chute colocado, da entrada da área, mas o goleiro Luca Castellazzi defendeu.

Mas seriam os interistas a quase abrir o placar. Aos 40, Maicon chegou pela direita e cruzou para a área. E, à queima-roupa, Esteban Cambiasso completou de primeira, exigindo que De Sanctis defendesse no reflexo. A bola ainda rebateu no travessão, no que foi a grande chance do primeiro tempo.

No segundo tempo, as duas equipes começaram pressionando. Logo no primeiro minuto, Marek Hamsik passou a Walter Gargano, que arriscou o chute. Porém, a bola saiu longe, à esquerda de Castellazzi. Aos três, Chivu deixou com Samuel Eto'o, que também mandou para fora.

Com o final do jogo chegando, o time da casa começou a atacar mais no San Paolo. Aos 32, Gargano cruzou, e Paolo Cannavaro cabeceou. A bola saiu rente à trave direita de Castellazzi. E, no minuto seguinte, Hugo Campagnaro alçou a bola para a área, e Cavani, também de cabeça, mandou para o travessão.

A grande chance napolitana, no entanto, veio aos 39 minutos. Em cruzamento de Lavezzi, a bola ficou com Hamsik, que driblou Chivu e chutou para a defesa parcial de Castellazzi. No rebote, o eslovaco voltou a tentar, de cabeça, mas Andrea Ranocchia tirou na pequena área, evitando o gol. E, com o 0 a 0 no placar, a equipe foi para a prorrogação.

No tempo extra, novamente o Napoli chegou mais próximo do gol. Aos 10 minutos da primeira parte, um lançamento de Christian Maggio para a área alcançou Lavezzi. E o argentino bateu para Castellazzi fazer nova defesa fundamental, espalmando para a direita. Salvatore Aronica ainda tentou aproveitar a sobra, mas o goleiro nerazzurro defendeu.

Já na segunda parte, aos oito minutos, a chance foi interista. Em cruzamento para a área, a bola sobrou com Eto'o, que ajeitou de cabeça para Goran Pandev. O macedônio chutou por cima do gol.

Aos 13, os Partenopei continuaram pressionando. Em cruzamento da direita, a bola sobrou com Juan Camilo Zúñiga. E o colombiano tentou chute de primeira, mandando para fora. E, aos 14, a Inter assustou: Maicon cruzou da direita, e, sozinho na área, Ranocchia cabeceou por cima do gol. E a partida foi para a decisão por pênaltis.

Na série de cobranças, ia tudo normal, com as duas equipes convertendo. Até que Lavezzi bateu o terceiro chute dos Azuis por cima do gol. E, após o restante dos chutes serem feitos corretamente, Chivu converteu o quinto da Beneamata. Que continua com o sonho do bicampeonato.

Confira os jogos da quarta de final da Copa da Itália:

Terça, 25/janeiro
Palermo 0x0 Parma (5×4 nos pênaltis)

Quarta, 26/janeiro
Sampdoria 1×2 Milan
Napoli 0x0 Internazionale (Internazionale 5×4 nos pênaltis)

Quinta, 27/janeiro
Juventus x Roma

Confira os jogos da Copa da Itália.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo