Copa da ItáliaItália

De olho na Copa da Itália, Bonucci quer volta da Juventus “implacável”

A Juventus terá a chance de conquistar sua primeira taça da almejada tríplice coroa nesta quarta-feira, diante da Lazio, na final da Copa da Itália. Depois de três jogos sem vitórias na Serie A, o zagueiro identificou um dos problemas do time: retomar a impiedade. Sim, isso mesmo. A Juve, finalista da Champions, parece ter baixado a guarda nos jogos do Campeonato Italiano, por estar com o título tão perto.

LEIA TAMBÉM: Presidente do Torino não perdoa: “Não esperávamos tantos erros de Hart”

“Nós todos somos caras experientes, homens que sabem que tem que encontrar a nossa linha implacável necessária para fazer desta temporada lendária”, declarou o zagueiro ao jornal Gazzetta dello Sport. A Juventus perdeu para a Roma no fim de semana por 3 a 1 e deixou de garantir o título da Serie A, ainda que pareça só uma questão de tempo.

A visão de Bonucci sobre o que melhorar na Juventus é algo curioso. “Nós temos que recuperar a diversão no nosso trabalho duro e voltar a marcar gols. Agora nós temos que recriar o bom estresse. Todo mundo tem que redescobrir a nossa impiedade interna”, continuou o jogador.

“A derrota deve ser uma forma de acordar. É útil ter um jogo difícil contra a Lazio, que está em boa fase. O jogo irá exigir a melhor Juve se nós queremos alcançar o primeiro dos nossos três objetivos”, disse, referindo-se à tríplice coroa, algo inédito na história do clube.  Aliás, entre os italianos, só a Inter conseguiu isso em 2009/10, a última vez que um clube italiano conquistou a Europa.

A final da Copa da Itália entre Juventus e Lazio será nesta quarta-feira (16h, ESPN).

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo