Copa da ItáliaItália

Atalanta elimina o Napoli com autoridade e desafiará a Juventus na decisão da Copa da Itália

Pela segunda vez nas últimas três temporadas, a Atalanta disputará a decisão da Copa da Itália. A equipe de Gian Piero Gasperini buscará o título que não conquista desde 1963, e que tão bem poderia premiar o momento histórico atravessado pelo clube nos últimos anos. A Dea assegurou sua classificação nesta quarta-feira, dentro do Estádio Gewiss. Depois do empate por 0 a 0 no Estádio Diego Armando Maradona, os Orobici derrotaram o Napoli em Bérgamo por 3 a 1. Duván Zapata e Matteo Pessina comandaram o contundente triunfo.

O Napoli tinha uma boa notícia com o retorno de Victor Osimhen ao ataque, após quase três meses sem ser titular. E os celestes começaram bem a partida em Bérgamo, com direito a uma finalização perigosa de Lorenzo Insigne. Porém, aos dez minutos, a Atalanta começou a construir sua vitória. Zapata recebeu a bola na intermediária e, com espaço, experimentou o chute. A pancada cruzada saiu do alcance de David Ospina e morreu no canto da meta napolitana.

A situação da Atalanta ficaria ainda mais confortável aos 16, com o segundo gol. Desta vez, Zapata foi o garçom. O colombiano recebeu o passe na área e só aparou para Matteo Pessina, que se infiltrava e mandou para as redes. O Napoli não conseguiria responder durante a primeira etapa. A Dea tinha as melhores oportunidades e seguiu em busca do terceiro, mas Luis Muriel e Zapata não aproveitavam. Os celestes precisavam de uma nova atitude na volta do intervalo.

O Napoli voltou ao páreo com oito minutos do segundo tempo, descontando o placar. Os celestes tinham uma postura mais ativa e conseguiram o gol num rebote. Osimhen bateu prensado, mas Hirving Lozano ficou com a sobra e tentou duas vezes até vencer o goleiro Pierluigi Gollini. Entretanto, a melhora dos napolitanos não duraria muito. Com o passar dos minutos, a Atalanta voltaria a dominar as principais jogadas e a dar trabalho para David Ospina, que realizava boas defesas.

A classificação da Atalanta se encaminhou aos 34 do segundo tempo, numa ótima jogada coletiva. Josip Ilicic deu o passe, Zapata fez o trabalho de pivô e Pessina entrou com tudo na área. O meia deu uma caneta em Giovanni di Lorenzo, antes de tocar com leveza na saída de Ospina. No fim, os napolitanos não apresentariam tantas forças para mudar a história do confronto, precisando de dois gols. A festa seria dos anfitriões em Bérgamo.

A Atalanta enfrentará a Juventus na decisão da Copa da Itália, após os bianconeri terem superado a Internazionale na outra semifinal. A partida acontecerá em 19 de maio. Em suas quatro finais anteriores no torneio, a Dea não enfrentou a Velha Senhora, mas faturou a taça em 1963 contra o rival Torino. Vale lembrar também que, em 2018/19, os Orobici eliminaram a Juve em seu caminho à decisão, antes da derrota para a Lazio no Estádio Olímpico. Apesar da saída de Papu Gómez e das instabilidades no início da temporada, o time de Gian Piero Gasperini parece mais pronto para levar a taça neste momento.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo