Itália

Acionista minoritária do Liverpool, RedBird faz oferta para comprar o Milan

RedBird Capital Partners, empresa americana de investimentos, tem ações no Fenway Sports Group e fez proposta de € 1 bilhão

A RedBird Capital Partners, que é acionista minoritária do Liverpool, fez uma proposta à Elliot Management para compra do Milan por € 1 bilhão, segundo relata a Sky News. O fundo americano tem ouvido propostas para compra do clube italiano e a proposta que tinha vindo à tona era de uma empresa de investimentos do Bahrein, a Investcorp.

A proposta de última hora é uma tentativa de atravessar o negócio que vinha sendo relatado como encaminhado com o fundo do Bahrein, que já tem um período de exclusividade no negócio. O fundo Elliot, porém, ganha uma vantagem na negociação, sabendo que há outro interessado em comprar o clube por um valor similar. A Investcorp ainda tem vantagem no negócio.

A RedBird comprou 10% das ações do Fenway Sports Group (FSG), empresa que é dona do Liverpool, e pagou algo como US$ 750 milhões. Além do Liverpool, a empresa é dona também do Boston Red Sox, uma das mais importantes franquias da MLB, além da New England Sports Network, uma emissora esportiva de TV a cabo.

Uma fonte disse à Sky News que é possível que haja um acordo nos próximos dias entre as partes. A Elliot é dona do Milan desde 2018, depois que tomou o clube de um investidor chinês, Li Yonghong, que tomou € 303 milhões à empresa chinesa, Sino-Europe Sports Management Changxing Co. Como a empresa chinesa não pagou o empréstimo, o fundo tomou o clube, dado como garantia. Desde o começo, a ideia era sanear as contas, melhorar a situação do clube também esportivamente para fazer uma venda.

A RedBird Capital Partners gerencia US$ 6 bilhões em investimentos em setores como serviços financeiros, consumo, telecomunicações, média e tecnologia. A empresa foi fundada por Gerry Cardinale, um ex-sócio da Goldman Sachs.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo