Itália

A história de Ibrahimovic no Milan continua, com contrato renovado por mais um ano

Ainda se recuperando de uma operação no joelho, o atacante de 40 anos deve demorar para voltar a campo, mas tem uma importante presença nos vestiários

A história de Zlatan Ibrahimovic no Milan ainda não terminou. Nesta segunda-feira, o campeão italiano anunciou a renovação do sueco de 40 anos por mais uma temporada. Ele provavelmente estará disponível ao técnico Stefano Pioli apenas depois da Copa do Mundo do Catar, mas o novo contrato valoriza a sua importância como uma figura de liderança para um elenco ainda muito jovem.

Esse papel tem sido claro desde que ele retornou dos Estados Unidos, no começo de 2020. Coincidiu com um momento de virada para o clube rossonero. A sequência de ótimos resultados nas rodadas depois da paralisação à pandemia se estendeu para a temporada seguinte, com o retorno à Champions League, e à última, com o primeiro título da Serie A desde 2011.

Após fazer 17 gols em 2020/21, Ibrahimovic marcou apenas oito, em 27 jogos por todas as competições, na última temporada. Operou o joelho no final de maio, o que não costuma ser um bom sinal a um jogador passando dos 40 anos, mas o Milan entendeu que ainda é importante tê-lo por perto. O prognóstico é que retorne para a segunda metade da temporada.

Segundo o jornalista Gianluca di Marzio, seu salário será entre € 1 milhão e € 1,5 milhão, com variáveis de desempenho para gols e assistências. Um preço que o clube considera justo por toda a experiência de Ibrahimovic. “O Milan está feliz em anunciar a renovação do contrato de Zlatan Ibrahimovic até 30 de junho de 2023. O atacante sueco continuará usando a camisa número 11”, disse o Milan, em comunicado.

Além de Ibrahimovic, o Milan também confirmou a permanência de Junior Messias, contratado em definitivo do Crotone, e se reforçou com Divock Origi. Por outro lado, perdeu Alessio Romagnoli, Samu Castillejo e Franck Kessíe que ficaram sem contrato e assinaram com outros clubes.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo