InglaterraPremier League

Xabi Alonso: “Só me arrependo de não ter ganhado a Premier League no Liverpool”

Xabi Alonso é alguém de quem a torcida do Liverpool sempre recordará com muito carinho. O espanhol chegou ao clube em agosto de 2004, a pedido de Rafa Benítez. Cinco anos depois, deixou o lado vermelho de Merseyside. Mas pela porta da frente. E também a pedido do técnico e compatriota, que um ano antes já manifestava interesse na venda do volante para fazer dinheiro e realizar outras contratações, como a de Gareth Barry, na época no Aston Villa. Mas apesar de ter sido renegado pelo treinador e ter ido embora do Liverpool em uma fase em que o clube atravessava uma crise interna, Xabi Alonso revela que só se arrepende de uma coisa daquela época: não ter ganhado a Premier League pelos reds.

LEIA TAMBÉM: Reforço do Liverpool pediu uma ‘selfie’ a Klopp para acreditar que interesse era real

“Mudar do Liverpool para o Real Madrid foi o passo mais difícil em termos de decisão que já dei. Mas eu sentia que eu tinha coisas novas para aprender, novos desafios para enfrentar”, afirmou Xabi Alonso em entrevista ao Guardian, relembrando seus dias na Inglaterra. “A única coisa da qual eu me arrependo é de não ter ganhado a Premier League com o Liverpool. Nunca saberei qual é a sensação e como é a experiência de ver a reação da cidade ao título, assim como aconteceu em Istambul, quando fomos campeões da Champions League”, falou ainda o espanhol, atualmente no Bayern de Munique. “Isso dói, porque eu sei que a torcida quer a taça da Premier League mais do que qualquer coisa”, acrescentou.

Foi com Xabi Alonso protegendo a defesa que o Liverpool chegou o mais próximo do título nacional desde 1990. Paralelamente aos problemas financeiros que assolavam o clube, ao final da Premier League de 2008/09, apenas quatro pontos separavam os reds do Manchester United, campeão inglês na temporada em questão. A última do ex-camisa 14 no time de Merseyside. Em cinco campanhas que esteve religiosamente no time titular, o espanhol esteve presente no triunfo de quatro títulos. Foi, aliás, imprescindível na quebra de um jejum que perdurava há 21 anos: a conquista histórica da Champions League de 2004/05. No entanto, o que faltou para o Xabi Alonso sair completo do Liverpool, segundo ele, foi mesmo ser campeão nacional.

Hoje, aos 34 anos de idade, o espanhol ainda mantém certa regularidade e é titular quase absoluto em meio a um dos elencos mais fortes da Europa. Foi Xabi Alonso, inclusive, quem anotou o primeiro gol do Bayern nesta temporada da Bundesliga. O volante atribui sua constância em campo, mesmo com uma idade considerada acima da média, ao alto nível que ele alcança durante os treinamentos, onde “a busca para provar a mim mesmo continua dia após dia”. E não é de se esperar menos de alguém que já esteve sob o comando dos quatro técnico mais renomados do futebol moderno. Xabi Alonso é o único jogador na história que foi treinado por Rafa Benítez, José Mourinho, Pep Guardiola e Carlo Ancelotti. Isso explica muita coisa sobre o craque que ainda é.

Chamada Trivela FC 640X63

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo