Inglaterra

West Ham decide não recorrer de multa imposta pela FA

O West Ham decidiu nesta quarta-feira não apelar da multa imposta pela federação inglesa pelas irregularidades nas transferências de Carlos Tevez e Javier Mascherano. O clube terá que pagar o valor recorde de chr(128) 7,9 milhões.

O clube foi considerado culpado por ‘ocultar documentos e por conduta imprópria’. Os dois foram contratados do Corinthians, em agosto, no último dia da janela de transferências. Houve suspeitas da participação de uma terceira parte na negociação dos argentinos, algo proibido pelas regras da Premier League.

“Acho que é hora de colocar um ponto final nesse assunto. A multa imposta a nós foi muito significativa, mas aceitamos que erros foram cometidos e agora é hora de caminharmos para frente. Sabemos que nosso destino, assim como o de outros clubes, será decidido no gramado”, afirmou Eggert Magnusson, presidente dos Hammers.

Charlton, Fulham, Sheffield United e Wigan reclamaram da punição, considerada branda por eles, e exigiram que os Hammers também perdessem pontos. Desta forma, as quatro equipes, que estão nas últimas colocações da tabela do campeonato inglês, seriam beneficiadas na luta contra o rebaixamento. O West Ham está em 17°, com 38. No entanto, a Premier League afirmou que não aumentará a punição.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo