Inglaterra

Wenger diz que Touré e Gallas não precisam se dar bem

O treinador do Arsneal, Arsène Wenger, disse que os zagueiros Kolo Touré e Willian Gallas não precisam ser amigos no gramado, desde que sejam profissionais.

A dupla tem atuado muito bem na defesa dos Gunners recentemente, tendo tomado apenas cinco gols nos últimos 15 jogos. No entanto, Touré admitiu que não se dá muito bem com seu colega francês.

“O que importa é que quando se é profissional, joga-se lado a lado”, disse Wenger. “Ser profissional é fazer o que for preciso para garantir o sucesso do time, nada mais que isso”.

Touré e Gallas atuaram juntos na defesa do Arsenal em Roma na quarta-feira, em que os Gunners garantiram a classificação para as quartas-de-final da Liga dos Campeões nos pênaltis sobre a Roma.

Ironicamente, o único gol da partida aconteceu em uma falha de ambos zagueiros, mas não houve sinais de desarmonia, e Wenger afirmou que estava satisfeito com a situação.

“Temos vários exemplos de jogadores que não se dão muito bem, mas isso não significa que eles não podem jogar juntos”, disse ele. “O mais importante é que os grandes atletas respeitem o jogo”.

Touré declarou que sua relação com Gallas é “apenas profissional”, acrescentando que eles “nunca se deram muito bem”. “Sou amigo de Johan Djourou, Emmanuel Eboué, Gael Clichy, mas não é o mesmo com William. É a mesma situação que qualquer empresa, você não pode ser amigo de todo mundo”

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo