Inglaterra

Tuchel sobre saída de Rüdiger: “Ninguém gosta dessa decisão, mas temos que aceitá-la”

Técnico do Chelsea comentou sobre a decisão do seu zagueiro, Antonio Rüdiger, de deixar o clube após o fim do seu contrato, em junho

O técnico Thomas Tuchel lamentou que vá perder um dos seus melhores zagueiros na próxima janela de transferências. Antonio Rüdiger, que só tem contrato com o Chelsea até junho, decidiu que não irá renovar o seu vínculo. Titular na maioria dos jogos, o alemão tem sido um pilar do time que foi campeão da Champions League na temporada passada e está em terceiro na Premier League na atual.

Rüdiger é especulado para acertar com o Real Madrid, o clube mais cotado para contratá-lo livre no mercado. Contudo, com um jogador como o alemão livre no mercado, é provável que mais candidatos a levar o jogador de 29 anos surjam. Enquanto isso, as pessoas no Chelsea lamentam a sua saída, a começar por Tuchel.

“Eu não acho que ninguém gosta disso. Ele dá confiança a todo mundo no vestiário. Ele tem uma personalidade única e joga em um nível excepcional. Algumas vezes ele chama o foco para si, ele ama responsabilidade”, afirmou Tuchel

“Ninguém gosta dessa decisão, mas temos que aceitá-la. Goste ou não, haverá vida no Chelsea depois dele. A coisa mais importante para nós é que termine como começou, no mais alto nível”, continuou o treinador alemão sobre seu compatriota.

Ao ser perguntado como faria para lidar com a saída dele, Tuchel respondeu de forma simples. “É o meu trabalho. Não importa como a situação é resolvida ou o quão ativo você seja no mercado de transferência, no final iremos mergulhar e tentar tirar o melhor do elenco que nós temos”, afirmou o treinador.

“Irei me apaixonar pelo elenco que tenho e então levá-los ao limite. É um prazer trabalhar todos os dias com Toni (apelido de Rüdiger) e estou preocupado que estamos falando muito sobre isso no passado porque ainda há muitas coisas que precisamos conquistar”, disse Tuchel. “Desde a pré-temporada, a vida continua, estejamos felizes com isso ou não e estarei completamente envolvido com todo meu coração e conhecimento”.

O Chelsea ainda disputa a final da Copa da Inglaterra onde vai enfrentar o Liverpool e ainda está na disputa da Premier League, em terceiro lugar com alguma tranquilidade. O time tem 65 pontos, cinco a mais que o Arsenal, e com um jogo a menos que os adversários. Está bem atrás de Liverpool (79) e Manchester City (80) na disputa pelo título, mas em boa situação para se classificar à próxima Champions League.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo