InglaterraPremier League

Citizen quer tatuar escudo do United. Mas é por boa causa

Você eternizaria o símbolo de seu maior rival em seu corpo? O que parece loucura para muitos foi feito por Chris Worthington, torcedor fanático do Manchester City. E, acredite, a intenção do inglês de 45 anos é a melhor possível. Afinal, o homem só propôs tatuar o escudo do Manchester United em seu braço porque quer salvar crianças com câncer.

A vida de Worthington mudou profundamente em julho de 2010, quando sua filha de sete anos foi diagnosticada com câncer no cérebro. A menina sobreviveu graças à entidade “When You Wish Upon a Star”, que bancou o tratamento. Agora, o Citizen pretende retribuir os filantropos arrecadando 1,5 mil libras com a homenagem indesejada ao United.

“Eu não estou em forma para correr uma maratona e não conseguiria pensar em nada mais pessoalmente doloroso do que uma tatuagem do United pelo resto da minha vida. Não tenho outras tatuagens, então será algo muito sério. Não quero que seja escondido, por isso farei no meu antebraço. Alguns dos meus amigos torcedores do City se recusaram a pagar, a menos que eu alcance meu objetivo, por isso estou apelando aos fãs do United para me ajudarem”, declarou Worthington.

Até o momento, o inglês já arrecadou 55% do dinheiro prometido à When You Wish Upon a Star”. Vale o risco?

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo